Traseiros grandes!

Tutty Vasques

06 Março 2012 | 02h02

ilustração pojucanNada pessoal contra o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke! Toda vez que tentam – seja quem for – atingir o governo com pontapé no traseiro, o Palácio do Planalto manda soltar o Marco Aurélio Garcia, assessor especial da Presidência para bate-bocas internacionais.

“Esse cara é um vagabundo” – foi logo mostrando para o cartola francês que “infantil” é a mãe! Valcke, como se sabe, vinha dando uma surra verbal no ministro Aldo Rebelo, do Esporte, por conta do atraso nas obras para a Copa de 2014.

Só faltou chamar o velho comunista de “mariquinha” quando Aldo disse que não falaria mais com alguém tão “intempestivo”. Foi aí que o governo soltou o Marco Aurélio Garcia em Hannover, sob os holofotes da visita da presidente Dilma à Alemanha, para morder o “boquirroto” na frente de todo mundo.

“O interlocutor da Fifa está riscado!” – filosofou em alemão. Em bom português, quis dizer que o cara que ameaçou chutar o traseiro da turma que cuida da organização da Copa no Brasil está ferrado, lascado, perdido, top, top, top, uh!

Enfim, virou briga de traseiros grandes.