Tudo a ver

Tutty Vasques

08 de julho de 2008 | 01h51

“La presidenta soy yo, carajo!”, a frase entreouvida pela imprensa argentina na última briga de Cristina e Néstor Kirchner, pode virar verso de tango.

Só se fala disso no bairro La Boca, em Buenos Aires.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.