Turnê mundial do estado de coisas a que chegamos

Turnê mundial do estado de coisas a que chegamos

Tutty Vasques

27 de dezembro de 2007 | 12h31

ilustração pojucan

Cresce o otimismo na Anac em relação ao clima de tranqüilidade que sua diretoria espera para os aeroportos brasileiros no feriadão do Réveillon.

O fim do mundo, como se sabe, desembarcou pela manhã no Paquistão e, tudo indica, vai virar o ano por lá.

Ou não, né?!