Vandalismo financeiro, não!

Tutty Vasques

21 de junho de 2013 | 06h25

REPRODUÇÃOOs vândalos do mercado financeiro não perdem por esperar: Guido Mantega revelou dia desses que o governo tem “muita bala na agulha” para conter a volatilidade do dólar. O ministro não confirmou – mas também não desmentiu – se sua estratégia de enfrentamento prevê o uso de spray de pimenta e de gás lacrimogêneo quando o comportamento do câmbio passar dos limites.

Não é só pelos 20 centavos acima dos R$ 2 na cotação oficial da moeda americana. O brasileiro não pode mais viver dia após dia na expectativa de que a qualquer momento os investimentos estrangeiros vão quebrar o País.

Basta! Com tanta bomba de efeito moral pipocando por aí, o ministro da Fazenda não deve hesitar em fazer uso de umas e outras para combater a fuga de capitais.

Sabe Deus quantas balas de borracha a tropa de choque financeiro do governo tem na agulha, mas, se for para afastar o monstro da inflação das ruas, a hora é essa: fogo neles, Mantega!

Abaixo o vandalismo financeiro!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.