Você está pronto para engolir o Fenômeno de novo?

Você está pronto para engolir o Fenômeno de novo?

Tutty Vasques

01 de março de 2009 | 10h56

ILUSTRAÇÃO POJUCAN

Punido por indisciplina a essa altura do campeonato, Ronaldo pode muito bem ter chegado sorrateiro na madrugada de sexta-feira à concentração do Corinthians só para criar no torcedor brasileiro um clima de descrença proporcional à sua iminente volta por cima ao futebol. Quanto mais dissimulado o Fenômeno, mais espetacular é a sua reaparição. Que ninguém se iluda com a crônica esportiva dessa última irresponsabilidade inacreditável do sujeito: Ronaldo Fenômeno vem aí – de novo! – e o bicho vai pegar.

Não será a primeira vez que os piadistas e os comentaristas esportivos vão ter que engolir o cara. Quem já provou, aliás, não guarda arrependimento. Muito pelo contrário, cada vez que o Fenômeno faz jus ao apelido e contraria evidências biográficas nada animadoras, quase todo brasileiro – aí incluídos gaiatos como eu e jornalistas da estirpe de José Trajano – saboreia sua vitória. Quanto mais se desconfia da recuperação do craque, mais gostoso é vê-lo em campo novamente. Acredite nisso!

Só os muito mentirosos – ou corintianos em demasia – dizem agora que jamais duvidaram que Ronaldo voltaria tinindo como, pressinto, está para acontecer a qualquer momento! Você que ultimamente só gozou a barriga dele, as companhias dele, todas aquelas confusões engraçadíssimas e vexames constrangedores protagonizados pelo filho de seu Nélio no noticiário; você, enfim, que teve a honra de pegar de jeito no pé do Fenômeno, você sabe: está chegando a hora de ter que engolir o Ronaldo de novo.

Cá pra nós, graças a Deus!

Já pensou se fosse o Zagallo outra vez?!

Texto publicado no caderno Aliás deste domingo no ‘Estadão’.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.