Voto nele por causa dela ou vice-versa

Voto nele por causa dela ou vice-versa

Tutty Vasques

25 Outubro 2014 | 06h34

Fanatismos partidários à parte, existe decerto uma penca de motivos razoáveis para estar na torcida pela Dilma ou pelo Aécio no clássico deste domingo, mas, com todo respeito ao Chico Buarque, votar “na Dilma por causa da Dilma” é como votar no Aécio por causa do Aécio: não dá para entender!

 

Ninguém em sã consciência votará num ou noutro por causa, respectivamente, de um ou de outro: muito pelo contrário, a maioria vai votar num por causa do outro – ou vice-versa! Não chega a ser uma novidade eleitoral no Brasil, mas voto contra com tamanha convicção e intensidade, francamente, nunca antes…

 

O que a gente mais tem ouvido por aí é “eu vou votar na Dilma por causa do Aécio” ou “eu vou votar no Aécio por causa da Dilma” – argumentos, cá pra nós, bem aceitáveis! Votar na Dilma por causa da Dilma ou no Aécio por causa do Aécio, das duas, uma: ou o cara é cego ou artista! Só falta votar no Pezão por causa do Pezão!