29 medalhas paralímpicas

29 medalhas paralímpicas

Equipe brasileira que vai participar dos Jogos Paralímpicos do Rio 2016 será apresentada oficialmente nesta terça-feira, 19. São 278 atletas que vão disputar provas em todas as 23 modalidades.

Luiz Alexandre Souza Ventura

18 Julho 2016 | 18h13

Quais as características de um atleta de alto desempenho? Perseverança, determinação, disciplina, fibra, empenho (e muito mais). E como essa pessoa consegue ser campeã? Com muito treinamento e dedicação, mas também com apoio familiar, médico, psicológico, nutricional e financeiro.

Em setembro, nos Jogos Paralímpicos do Rio, 4.500 atletas de 176 países vão colocar à prova corpo e mente.

No time brasileiro, 278 atletas serão apresentados oficialmente nesta terça-feira, 19, no Centro de Treinamento Paraolímpico, em São Paulo. A meta é terminar os Jogos no ‘top five’, com participação em todas as 23 modalidades. Em 2012, o Brasil levou 182 atletas aos Jogos Paralímpicos de Londres e conquistou o inédito 7º lugar, com representantes em 18 das 20 modalidades.

Entre o grupo estão nove atletas – patrocinados pela Nissan – que têm juntos 29 medalhas paralímpicas.

Caio Ribeiro é atleta da Canoagem Paralímpica. Nasceu em 17 de fevereiro de 1986, no Rio de Janeiro. É campeão mundial (VL3 Masuclino 200m), título conquistado na Itália, em 2015, e foi campeão brasileiro (L3 Masculino 500m) no mesmo ano. Em 2014, conquistou as medalhas de ouro e prata no Mundial de Canoa VA'A - Brasil, foi campeão brasileiro (LTA 200m e 500m) e campeão sul-americano (V1 Masculino LTA) no Uruguai. No ano anterior, foi campeão mundial (V1 Masculino LTA) na Alemanha e tricampeão sul-americano (V1 Masculino LTA), no Chile. Foto: Divulgação/Nissan

Caio Ribeiro é atleta da Canoagem Paralímpica. Nasceu em 17 de fevereiro de 1986, no Rio de Janeiro. É campeão mundial (VL3 Masuclino 200m), título conquistado na Itália, em 2015, e foi campeão brasileiro (L3 Masculino 500m) no mesmo ano. Em 2014, conquistou as medalhas de ouro e prata no Mundial de Canoa VA’A – Brasil, foi campeão brasileiro (LTA 200m e 500m) e campeão sul-americano (V1 Masculino LTA) no Uruguai. No ano anterior, foi campeão mundial (V1 Masculino LTA) na Alemanha e tricampeão sul-americano (V1 Masculino LTA), no Chile. Foto: Divulgação/Nissan

 

Clodoaldo Silva é atleta da Natação Paralímpica. Nasceu em 1 de fevereiro de 1979, em Natal/RN. Ganhou as medalhas de ouro e prata no Parapan de Guadalajara 2011, ouro no Campeonato Mundial (Eindhoven 2010), prata e bronze nos Jogos Paralímpicos de Pequim 2008, ouro e prata no Parapan do Rio de Janeiro 2007, ouro e prata no Campeonato Mundial (Durban 2002), ouro e prata nos Jogos Paralímpicos de Atenas 2004, ouro e prata no Parapan de Mar del Plata 2003 e as medalhas de prata e bronze nos Jogos Paralímpicos de Sydney 2000. Foto: Divulgação/Nissan

Clodoaldo Silva é atleta da Natação Paralímpica. Nasceu em 1 de fevereiro de 1979, em Natal/RN. Ganhou as medalhas de ouro e prata no Parapan de Guadalajara 2011, ouro no Campeonato Mundial (Eindhoven 2010), prata e bronze nos Jogos Paralímpicos de Pequim 2008, ouro e prata no Parapan do Rio de Janeiro 2007, ouro e prata no Campeonato Mundial (Durban 2002), ouro e prata nos Jogos Paralímpicos de Atenas 2004, ouro e prata no Parapan de Mar del Plata 2003 e as medalhas de prata e bronze nos Jogos Paralímpicos de Sydney 2000. Foto: Divulgação/Nissan

 

Dirceu Pinto é atleta da Bocha Paralímpica. Nasceu em 10 de setembro de 1980, em Francisco Morato/SP. Ganhou a medalha de ouro no Parapan Toronto 2015, é hexacampeão brasileiro de Bocha Adaptada (2003, 2004, 2005, 2008, 2010 e 2015), levou as medalhas de ouro nos Jogos Paralímpicos (individual e duplas) de Londres 2012 e a medalha de ouro na Copa do Mundo, na Irlanda, em 2011. É campeão mundial (individual e duplas) no torneio de Lisboa 2010 e conquistou ainda as medalhas de ouro nos Jogos Paralímpicos (individual e duplas) de Pequim 2008. Foto: Divulgação/Nissan

Dirceu Pinto é atleta da Bocha Paralímpica. Nasceu em 10 de setembro de 1980, em Francisco Morato/SP. Ganhou a medalha de ouro no Parapan Toronto 2015, é hexacampeão brasileiro de Bocha Adaptada (2003, 2004, 2005, 2008, 2010 e 2015), levou as medalhas de ouro nos Jogos Paralímpicos (individual e duplas) de Londres 2012 e a medalha de ouro na Copa do Mundo, na Irlanda, em 2011. É campeão mundial (individual e duplas) no torneio de Lisboa 2010 e conquistou ainda as medalhas de ouro nos Jogos Paralímpicos (individual e duplas) de Pequim 2008. Foto: Divulgação/Nissan

 

Edênia Garcia é atleta da Natação Paralímpica. Nasceu em 30 de abril de 1987, em Crato/CE. Ganhou as medalhas de ouro e prata no Parapan de Toronto 2015, as medalhas de ouro (50m costas e 4x50m medley) no ParapanPacific EUA 2014, a medalha de prata (50m costas classe S4) nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012, é tricampeã Mundial (50m costas), título conquistado na Holanda em 2010, ganhou a medalha de bronze (50m livre classe S4) nos Jogos Paralímpicos de Pequim 2008 e a medalha de prata (50m costas classe S4) nos Jogos Paralímpicos de Atenas 2004. Foto: Divulgação/Nissan

Edênia Garcia é atleta da Natação Paralímpica. Nasceu em 30 de abril de 1987, em Crato/CE. Ganhou as medalhas de ouro e prata no Parapan de Toronto 2015, as medalhas de ouro (50m costas e 4x50m medley) no ParapanPacific EUA 2014, a medalha de prata (50m costas classe S4) nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012, é tricampeã Mundial (50m costas), título conquistado na Holanda em 2010, ganhou a medalha de bronze (50m livre classe S4) nos Jogos Paralímpicos de Pequim 2008 e a medalha de prata (50m costas classe S4) nos Jogos Paralímpicos de Atenas 2004. Foto: Divulgação/Nissan

 

Jane Karla é atualmente atleta do Tiro com Arco Paralímpico e já competiu no Tênis de Mesa. Nasceu em 6 de julho de 1975, em Goiânia/GO. Ganhou a medalha de ouro no Parapan de Toronto 2015 (Tiro com Arco Composto) e a medalha de ouro (Tênis de Mesa) no Parapan de Guadalajara 2011, no Parapan da Venezuela 2009 e no Rio de Janeiro 2007. Recebeu o troféu de melhor atleta da América em 2007, 2009 e 2011. Tem 11 títulos brasileiros no tênis de mesa. Foto: Divulgação/Nissan

Jane Karla é atualmente atleta do Tiro com Arco Paralímpico e já competiu no Tênis de Mesa. Nasceu em 6 de julho de 1975, em Goiânia/GO. Ganhou a medalha de ouro no Parapan de Toronto 2015 (Tiro com Arco Composto) e a medalha de ouro (Tênis de Mesa) no Parapan de Guadalajara 2011, no Parapan da Venezuela 2009 e no Rio de Janeiro 2007. Recebeu o troféu de melhor atleta da América em 2007, 2009 e 2011. Tem 11 títulos brasileiros no tênis de mesa. Foto: Divulgação/Nissan

 

Jovane Guissone é atleta da Esgrima em Cadeira de Rodas. Nasceu em 11 de março de 1983, em Barros Cassal/RS. Ganhou a medalhas de ouro no Campeonato Regional das Américas de Esgrimas em Cadeira de Rodas (florete) no Canadá, em 2015. Conquistou as medalhas de ouro e de prata na Copa do Mundo de Montreal (Canadá 2015), as medalhas de ouro na II Copa Brasil 2015 (individual e equipe), as medalhas de bronze na Copa do Mundo Pisa (espada e florete), na Itália, em 2014. Também levou a prata (espada) na Copa do Mundo Varsóvia (Polônia 2014), o ouro no Campeonato Regional das Américas (Canadá 2014), o ouro (espada) e o bronze (florete) na Copa do Mundo (Canadá 2013) e ainda a medalha de ouro nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012. Foto: Divulgação/Nissan

Jovane Guissone é atleta da Esgrima em Cadeira de Rodas. Nasceu em 11 de março de 1983, em Barros Cassal/RS. Ganhou a medalhas de ouro no Campeonato Regional das Américas de Esgrimas em Cadeira de Rodas (florete) no Canadá, em 2015. Conquistou as medalhas de ouro e de prata na Copa do Mundo de Montreal (Canadá 2015), as medalhas de ouro na II Copa Brasil 2015 (individual e equipe), as medalhas de bronze na Copa do Mundo Pisa (espada e florete), na Itália, em 2014. Também levou a prata (espada) na Copa do Mundo Varsóvia (Polônia 2014), o ouro no Campeonato Regional das Américas (Canadá 2014), o ouro (espada) e o bronze (florete) na Copa do Mundo (Canadá 2013) e ainda a medalha de ouro nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012. Foto: Divulgação/Nissan

 

Michele Ferreira é atleta do Judô Paralímpico. Nasceu em 1 de novembro de 1984, em Mundo Novo/MS. Ganhou a medalha de ouro Parapan de Toronto, a prata por equipes no Mundial da Coreia em 2014, a prata no USA Judô em 2013, a prata no Germany Open (Alemanha 2013 e 2011), bronze nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012, ouro no Parapan de Guadalajara 2011, bronze nos Jogos Paralímpicos de Pequim 2008. É campeã brasileira desde 2005. Foto: Divulgação/Nissan

Michele Ferreira é atleta do Judô Paralímpico. Nasceu em 1 de novembro de 1984, em Mundo Novo/MS. Ganhou a medalha de ouro Parapan de Toronto, a prata por equipes no Mundial da Coreia em 2014, a prata no USA Judô em 2013, a prata no Germany Open (Alemanha 2013 e 2011), bronze nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012, ouro no Parapan de Guadalajara 2011, bronze nos Jogos Paralímpicos de Pequim 2008. É campeã brasileira desde 2005. Foto: Divulgação/Nissan

 

Susana Schnarndorf é atleta da Natação Paralímpica. Nasceu em 12 de outubro de 1967, em Porto Alegre/RS. Ganhou cinco medalhas de ouro no CAN AM (Canadá 2014), duas de ouro (50m livre e 4x50m livre) e três de prata (400m livre, 100m peito e 200m medley) no mundial do Estados Unidos 2014, foi campeã mundial dos 100m peito e bronze nos 400m livre (Canadá 2013), é recordista brasileira dos 50, 100 e 400m livres, 100m peito e 200m medley, pentacampeã brasileira de Triatlo e já participou de 13 edições do Iroman. Foto: Divulgação/Nissan

Susana Schnarndorf é atleta da Natação Paralímpica. Nasceu em 12 de outubro de 1967, em Porto Alegre/RS. Ganhou cinco medalhas de ouro no CAN AM (Canadá 2014), duas de ouro (50m livre e 4x50m livre) e três de prata (400m livre, 100m peito e 200m medley) no mundial do Estados Unidos 2014, foi campeã mundial dos 100m peito e bronze nos 400m livre (Canadá 2013), é recordista brasileira dos 50, 100 e 400m livres, 100m peito e 200m medley, pentacampeã brasileira de Triatlo e já participou de 13 edições do Iroman. Foto: Divulgação/Nissan

 

Terezinha Guilhermina compete no Atletismo Paralímpico. Nasceu em 3 de outubro de 1978, em Betim/MG. Ganhou as medalhas de ouro (100m, 200m e 400m rasos) no Parapan de Toronto 2015, ouro (100m e 200m rasos) nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012, ouro (100m, 200m e 400m rasos) no Parapan de Guadalajara 2011, ouro (200m), prata (100m) e bronze (400m) nos Jogos Paralímpicos de Pequim 2008, ouro (400m rasos) na Golden League IAAF (França 2008), ouro (100m, 200m e 400m rasos) com novo recorde mundial para a categoria T11 no Parapan do Rio de Janeiro 2007, levou o ouro e bateu o recorde mundial (100m rasos) e ganhou as medalhas de ouro (200m e 400m rasos) no Mundial da IBSA (São Paulo 2007), além do bronze (800m) nos Jogos Paralímpicos de Atenas 2004. Foto: Divulgação/Nissan

Terezinha Guilhermina compete no Atletismo Paralímpico. Nasceu em 3 de outubro de 1978, em Betim/MG. Ganhou as medalhas de ouro (100m, 200m e 400m rasos) no Parapan de Toronto 2015, ouro (100m e 200m rasos) nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012, ouro (100m, 200m e 400m rasos) no Parapan de Guadalajara 2011, ouro (200m), prata (100m) e bronze (400m) nos Jogos Paralímpicos de Pequim 2008, ouro (400m rasos) na Golden League IAAF (França 2008), ouro (100m, 200m e 400m rasos) com novo recorde mundial para a categoria T11 no Parapan do Rio de Janeiro 2007, levou o ouro e bateu o recorde mundial (100m rasos) e ganhou as medalhas de ouro (200m e 400m rasos) no Mundial da IBSA (São Paulo 2007), além do bronze (800m) nos Jogos Paralímpicos de Atenas 2004. Foto: Divulgação/Nissan

Acompanhe o blog Vencer Limites nas redes sociais

Mais conteúdo sobre:

Jogos Paralímpicos 2016