Mostra de Acessibilidade do Cine Ceará

Mostra de Acessibilidade do Cine Ceará

Filme 'A Musa Impassível' será exibido com audiodescrição aberta e legendas Open Caption nesta quinta-feira.

Luiz Alexandre Souza Ventura

19 de novembro de 2014 | 14h33

Curta Facebook.com/VencerLimites
Siga @LexVentura
Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com
O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência

Adrine (Simone Spoladore) tem Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC). Foto: Divulgação

Adrine (Simone Spoladore) tem Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC). Foto: Divulgação

“Adrine é neta de armênios. Edivaldo é filho de pernambucanos. Ela tem Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) e aspira à imobilidade. Ele tem ausências que o paralisam completamente.

Adrine é casada com Adilson, um homem embrutecido, que não suporta ser tocado pela mulher. Edivaldo quer casar-se com Gladis, improvável aspirante ao mundo fashion. Adrine deseja não ser notada. Edivaldo precisa ser alguém para reconquistar sua noiva.

Numa manhã, as vidas de Edivaldo e Adrine se cruzam, na região da Luz, por causa de uma laranja quase madura. Entre monumentos históricos, esculturas, pessoas de origens e sonhos diversos, Edivaldo e Adrine compartilham uma jornada de reconhecimento e aceitação, sem imaginar que o que vivem, na verdade, é uma linda história de amor”.

O filme ‘A Musa Impassível’ será exibido com audiodescrição aberta (quando todos da plateia podem ouvir) e legendas Open Caption (com padrões da Closed Caption, exibidas de forma aberta), nesta quinta-feira, dia 20 de novembro, na Mostra Acessibilidade do Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema, em Fortaleza. Os recursos de acessibilidade foram produzidos pela Iguale.

Saiba mais – Leo Rossi, diretor da Iguale, explica que uma das curiosidades no desenvolvimento da audiodescrição foi o diálogo com o narrador, o músico Arrigo Barnabé. “O personagem tem várias entradas durante o filme, e por isso escolhemos uma narradora mulher para diferenciar. Também pesquisamos as obras de arte apresentadas, objetos de fascínio da protagonista”.

Para as legendas Open Caption, a maior complexidade tem relação com os ruídos e sons repetitivos e sucessivos. “Uma das personagens tem TOC, logo ela repete algumas ações compulsivamente. Um exemplo: abre e fecha qualquer porta sete vezes. Por mais que seja óbvio que os sons se repetem, escolhemos indicar todas às vezes, para contextualizar ao deficiente auditivo essa obsessão”, ressalta Thiago Barros, diretor de Libras e legendas da Iguale.

A trilha sonora também é um detalhe especial. “As músicas começam em uma atmosfera e se modificam. Algumas melodias também aparecem em vários momentos, com ligeiras mudanças de intensidade, andamento e ritmo. Nesse caso, optamos por indicar palavras que traduzissem o sentido da música ao invés de simplesmente indicar o ritmo (valsa, forró, lounge etc)”, explica Thiago Barros.

Agenda
Mostra Acessibilidade no Cine Ceará
Local: Theatro José de Alencar
Filme: ‘A Musa Impassível’
Dia: 20 de novembro de 2014
Horário: às 14h

‘A Musa Impassível’ – Ficha Técnica
Direção: Marcela Lordy
Produção: Clarissa Knoll
Roteiro: Marcos Lazarini
Direção de Fotografia: Janice D’Ávila
Montagem: José Eduardo Belmonte
Direção de Arte: Fernanda Carlucci
Figurino: Joana Porto
Maquiagem: Tayce Vale
Som Direto: Gabriela Cunha
Edição de Som e Mixagem: Miriam Biderman, ABC e Ricardo Reis
Música: Camila Lordy e Zepedro Gollo
Produtora: Saracura Filmes

Audiodescrição – É um modo de tradução audiovisual intersemiótica (do visual para o verbal), que consiste na técnica de narração realizada por um audiodescritor. Este profissional descreve com o máximo de detalhes tudo o que acontece nas cenas de uma obra audiovisual, sem os quais uma pessoa com deficiência visual não compreenderia. A audiodescrição interage de acordo com os espaços oferecidos entre os diálogos dos personagens, respeita o roteiro original, as intenções de pausas, ruídos sonoros e trilhas. Um recurso de acesso e autonomia às pessoas com deficiência visual e outros públicos na TV, em salas de cinema, teatro, óperas, dança, entre outras, que ganha cada vez mais espaço e importância nos mais diferentes eventos culturais, corporativos e sociais, em todo o Brasil.

Open Caption – São legendas produzidas dentro dos conceitos e padrões do Closed Caption, ou seja, com todas as indicações do áudio original do filme (diálogos, ruídos, trilhas, etc), e permite de forma opcional, total autonomia e compreensão do produto audiovisual pelas pessoas com deficiência auditiva e outros públicos., no entanto, são exibidas de forma aberta para o público, seja em um vídeo pós-produzido, seja em uma sessão de cinema ao vivo, seja em espetáculo teatral.

 

Tudo o que sabemos sobre:

AudiodescriçãoCearáCinemaIgualeLegendas

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.