Acessibilidade nas bibliotecas de SP

Acessibilidade nas bibliotecas de SP

Governo paulista começa a entregar equipamentos de tecnologia assistiva para 55 municípios. Projeto inclui especialmente pessoas com deficiência visual. Unidades vão avaliar satisfação do cidadão e apresentar relatório semestral de ações desenvolvidas. Em São Paulo, a mostra 'Museu do Ipiranga para Todos', que tem réplicas acessíveis de obras consagradas, com audiodescrição, legendas em braile e que podem ser tocadas, está aberta até o dia 30 de setembro no Memorial da Inclusão. A entrada é gratuita.

Luiz Alexandre Souza Ventura

16 Agosto 2017 | 11h00

Unidades contempladas participaram de um concurso promovido pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa. Imagem: Biblioteca Mario de Andrade/ Cris Castello Branco/Governo do Estado de SP

Unidades contempladas participaram de concurso promovido pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa. Imagem: Biblioteca Mario de Andrade/Cris Castello Branco/Governo do Estado de SP


Equipamentos de tecnologia assistiva vão chegar a bibliotecas de 55 cidades do Estado de SP nos próximos meses, segundo previsão do governo paulista e da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo. O convênio que garante a execução do projeto foi assinado pelo governador Geraldo Alckmin nesta terça-feira, 15.

Dois tipos de conjuntos serão enviados a 62 bibliotecas públicas em todo o Estado, reunindo computador, ampliador automático, scanner leitor de mesa, teclado ampliado, mouse estacionário, software de voz sintetizada para atuação com o software leitor de tela NVDA, display braile e impressora braile.

Estão na lista as cidades de Adamantina, Alambari, Arujá, Auriflama, Avaré, Barretos, Bauru, Birigui, Boituva, Buritama, Cajamar, Campinas, Caraguatatuba, Catanduva, Dracena, Espírito Santo do Pinhal, Fernandópolis, Ferraz de Vasconcelos, Garça, Guapiara, Guarulhos, Ilha Bela, Indaiatuba, Itanhaém, Itapetininga, Itariri, Jundiaí, Juquiá, Lençóis Paulista, Limeira, Lorena, Martinópolis, Morro Agudo, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Registro, Salto, Santa Cruz da Esperança, Santa Rita do Passa Quatro, Santana de Parnaíba, Santo André, São Bernardo do Campo, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, São Roque, Serra Negra, Sertãozinho, Socorro, Sorocaba, Suzano, Taquarituba, Taubaté e Votuporanga.

As unidades contempladas participaram de um concurso promovido em 2016 pela secretaria por seus projetos de inclusão e interesse genuíno em receber os equipamentos. Em contrapartida, as bibliotecas beneficiadas deverão fazer pesquisas de satisfação do cidadão sobre os equipamentos, além de apresentar relatório semestral com a quantidade de usuários e as ações desenvolvidas.

“A cultura nos faz mais cidadãos, nos faz crescer e entender os valores éticos e humanistas de uma sociedade moderna. Com a inclusão todos se beneficiam. Não é possível promover riquezas em um Estado que deixa alguém de fora”, afirmou a secretária Linamara Rizzo Battistella. “Não são apenas 55 municípios contemplados. Vamos treinar e formar 200 agentes na lógica da inclusão. Ganham o aluno, o professor, o município e o Estado”.

O projeto ‘Acessibilidade em Bibliotecas’ é uma parceria da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com o Fundo de Interesse Difusos (FID) da Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo.

A mostra 'Museu do Ipiranga para Todos' está aberta até 30 de setembro no Memorial da Inclusão, em São Paulo. A entrada é gratuita. Imagem: Reprodução

A mostra ‘Museu do Ipiranga para Todos’ está aberta até 30 de setembro no Memorial da Inclusão, em São Paulo. A entrada é gratuita. Imagem: Reprodução


MUSEU DO IPIRANGA – A mostra ‘Museu do Ipiranga para Todos’, que tem réplicas acessíveis de obras consagradas, com audiodescrição, legendas em braile e que podem ser tocadas, está aberta até o dia 30 de setembro no Memorial da Inclusão, em São Paulo, de segunda a sexta, das 10h às 17h, e aos sábados, das 13h às 17h. A entrada é gratuita.

Entre os destaques da exposição estão uma maquete do museu, a réplica de diversos objetos que refletem o modo de vida das famílias paulistanas do final do século XIX e início do século XX, como uma chaleira, jarra de porcelana, câmeras fotográficas e luvas, a reprodução em metal do famoso quadro ‘Independência ou Morte’ (1888), de Pedro Américo, a obra ‘Fundação de São Paulo’ (1892), de Benedito Calixto, produzida em resina com relevos, e também réplica de uma escultura de D. Pedro I.

O material foi produzido pelo Setor de Atividades Educativas do Museu Paulista, construído no final do século 19 para homenagear D. Pedro I e a Independência do Brasil. O espaço foi aberto ao público no dia 7 de setembro de 1895 e pertence à Universidade de São Paulo (USP). Seu principal foco são estudos sobre a história do País e do Estado de São Paulo entre os séculos 19 e 20. O Museu do Ipiranga está fechado desde 2013 para restaurações e instalação de recursos de acessibilidade.

O Memorial da Inclusão fica na sede da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, na avenida Auro Soares de Moura Andrade, nº 564 – Portão 10, na Barra Funda, zona oeste de São Paulo. Inaugurado no dia 3 de dezembro de 2009, tem o propósito de reunir em um só espaço fotografias, documentos, manuscritos, áudios, vídeos e referências aos principais personagens, lutas e iniciativas que incentivaram conquistas e oportunidades para pessoas com deficiência.

SERVIÇO
Exposição: ‘Museu do Ipiranga para Todos’
Data: 3 de agosto a 30 de setembro
Horário: segunda a sexta-feira – 10h às 17 / sábados – 13h às 17h
Local: Memorial da Inclusão (Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo)
Endereço: Avenida Auro Soares de Moura Andrade, nº 564 – Portão 10 – Barra Funda – São Paulo/SP
Entrada gratuita

Quer receber as notícias do #blogVencerLimites pelo WhatsApp? Adicione (11) 97611-6558 aos contatos e mande a frase 'VencerLimitesWhatsApp'

Quer receber as notícias do #blogVencerLimites pelo WhatsApp? Adicione (11) 97611-6558 aos contatos e mande a frase ‘VencerLimitesWhatsApp’