Após consulta sobre VLibras, governo promete ampliar acessibilidade para surdos

Após consulta sobre VLibras, governo promete ampliar acessibilidade para surdos

Ferramenta pública traduz texto, áudio e vídeo para a Língua Brasileira de Sinais. Relatório tem avaliação sobre dicionário, expressões faciais e corporais, além da qualidade da tradução. Plataforma WikiLibras foi atualizada e será relançada neste mês.

Luiz Alexandre Souza Ventura

01 de setembro de 2020 | 16h28


Ouça essa reportagem com Audima no player acima ou acompanhe a tradução em Libras com Hand Talk no botão azul à esquerda.


Descrição da imagem #pracegover: Mulher de cabelos escuros, lisos e compridos está de costas para a câmera, olhando para a tela de uma tela de um notebook onde o avatar da solução VLibras traduz o texto publicado em um website. Crédito: Reprodução.


O governo federal prometeu ampliar as políticas de acessibilidade para a população surda. A garantia está publicada no anúncio desta terça-feira, 1, sobre o relatório da consulta pública para avaliação do VLibras, ferramenta que traduz conteúdos digitais (texto, áudio e vídeo) para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Segundo a Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SNDPD) – vinculada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) – o resultado da consulta vai apoiar possíveis correções e atualizações da solução.

“Mapear a percepção da população usuária sobre a ferramenta e identificar pontos para a melhoria do VLibras são apenas os primeiros passos para a implementação dessa política”, diz a SNDPD.

“As próximas etapas preveem uma estratégia de engajamento de colaboradores, animadores e especialistas, por meio da plataforma de colaboração WikiLibras, que foi atualizada e será relançada no próximo dia 10”, afirma a secretaria nacional.

A consulta pública ficou aberta entre 29 de maio e 30 de junho deste ano e teve participação de 579 pessoas, que avaliaram o desempenho da ferramenta e sugeriram melhorias no dicionário, nas expressões faciais e corporais, além da qualidade da tradução.

________________________________________

Para receber as reportagens do #blogVencerLimites no Whatsapp, mande ‘VENCER LIMITES’ para +5511976116558 e inclua o número nos seus contatos. Se quiser receber no Telegram, acesse t.me/blogVencerLimites.

VencerLimites.com.br é um espaço de notícias sobre o universo das pessoas com deficiência integrado ao portal Estadão. Nosso conteúdo também está acessível em Libras, com a solução Hand Talk, e áudio, com a ferramenta Audima.

Todas as informações publicadas no blog, nas nossas redes sociais, enviadas pelo Whatsapp ou Telegram são produzidas e publicadas após checagem e comprovação. Compartilhe apenas informação de qualidade e jamais fortaleça as ‘fake news’. Se tiver dúvidas, verifique.

Mande mensagem, crítica ou sugestão para blogVencerLimites@gmail.com. E acompanhe o #blogVencerLimites nas redes sociais:
Facebook.com/VencerLimites
Twitter.com/VencerLimitesBR
Instagram.com/blogVencerLimites

________________________________________

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: