Aprenda a fotografar sem enxergar

Aprenda a fotografar sem enxergar

Alunos terão os olhos vendados na oficina ministrada pelo fotógrafo Teco Barbero no Memorial da Inclusão.

Luiz Alexandre Souza Ventura

13 Novembro 2015 | 11h34

Teco Barbero ensina a fotografar de olhos vendados. Foto: Reprodução

Teco Barbero ensina a fotografar de olhos vendados. Foto: Reprodução

———-

“Fotografar é colocar na mesma linha a cabeça, o olho e o coração”. A frase de Henri Cartier-Bresson, considerado por muitos como pai do fotojornalismo, resume de forma precisa a união de sentimentos na arte de fotografar. Essa mistura de sentidos será abordada pelo fotógrafo Teco Barbero nesta segunda-feira, 16, em uma oficina gratuita no Memorial da Inclusão.

No curso, que terá duração de três horas – das 10h às 13h -, os alunos, com ou sem deficiência visual, terão os olhos vendados, para que os outros sentidos sejam estimulados no momento da captura da imagem.

A oficina, para aproximadamente 20 pessoas, ocorre durante a exposição ‘A Arte da Virada’, com 12 fotografias feitas por de pessoas com deficiência, em cartaz até o dia 27 de novembro.

Haverá na terça-feira, 17h, entre 14h às 16h30, outra oficina, desta vez para pessoas têm contato próximo com a fotografia e buscam aprimorar seus conhecimentos sobre equipamentos.

E no dia 18, das 14h às 16h30, a jornalista e pesquisadora Tina Fonseca apresenta conceitos e práticas expositivas de fotografias acessíveis.

Teco Barbero é fotógrafo. Foto: Reprodução

Teco Barbero é fotógrafo. Foto: Reprodução

SERVIÇO:
Oficina de fotografia para pessoas com e sem deficiência
Professor: Teco Barbero
Data: 16 de novembro
Horário: das 10h às 13h
Local: Memorial da Inclusão
Endereço: Rua Auro Soares de Moura Andrade, 564 – Portão 10 – Barra Funda, São Paulo/SP
Visitas agendadas: memorial@sedpcd.sp.gov.br ou (11) 5212-3727
Entrada gratuita

———-