Caçada em Bay Village

Caçada em Bay Village

Policia de Bay Village (EUA) diz ter identificado suspeitos de enganar adolescente autista no desafio do balde de gelo, trocando a água por fezes e urina.

Luiz Alexandre Souza Ventura

09 de setembro de 2014 | 11h04

Curta Facebook.com/VencerLimites
Siga @LexVentura
Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com
O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência

Imagem: Reprodução/cleveland.com

A polícia de Bay Village, nos EUA, saiu à caça dos adolescentes que enganaram um menino de 15 anos, que tem autismo, no desafio do balde de gelo, e trocaram a água por fezes e urina. O caso aconteceu na semana passada e provocou indignação geral, principalmente nas redes sociais. Os estudantes ‘brincalhões’ filmaram o ato e publicaram o vídeo no Instagram. O garoto enganado não comentou o caso nem com a família, mas sua mãe viu o post e acionou a polícia.

Nesta segunda-feira, 8, o chefe de polícia da cidade, Mark Spaetzel, disse ao site ‘cleveland.com’ que a investigação segue com muita cautela “para reunir todos os elementos necessários, antes de apresentar ao gabinete do procurador. Não temos certeza de quando isso vai acontecer, porque temos entrevistas adicionais e novas vias de apuração”.

Após a divulgação do caso, o ator e comediante Drew Carey publicou no Twitter uma mensagem oferecendo US$ 10 mil à polícia. “Se o departamento de polícia de Bay Village quiser começar uma arrecadação de recursos para descobrir quem fez isso, me procurem. Doarei $10k”.

Imagem: Reprodução

A também atriz e comediante Jenny McCarthy, que tem um filho autista, escreveu livros sobre maternidade e se tornou ativista, apoiou a atitude de Carey e se manifestou pelo Twitter. “Estou me juntando a Drew Carey com $10k para encontrar os agressores responsáveis por essa horrível brincadeira. Agora, são 20 mil”, finalizou McCarthy, usando a hashtag #justice.

Imagem: Reprodução

O chefe de policia de Bay Village, no entanto, declarou que o dinheiro não será necessário, uma vez que os suspeitos já foram identifcados. “Estamos gratos pelas ofertas”, disse Mark Spaetzel, que sugeriu a Carey e McCarthy que entrassem em contato diretamente com o departamento de polícia, para fazer uma doação.

A família do jovem agredido disse em entrevista (veja a reportagem) ter ficado horrorizada e pediu punição aos envolvidos.

Tudo o que sabemos sobre:

Desafio do Balde de Gelo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.