Cante o samba campeão do Carnaval do Rio de Janeiro em Libras

Cante o samba campeão do Carnaval do Rio de Janeiro em Libras

Viradouro foi a escola vencedora do grupo especial com o enredo ‘Viradouro de alma lavada’. Acompanhe vídeo legendado com música e letra interpretadas na Língua Brasileira de Sinais. Projeto coordenado pela Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Tecnologia levou Libras e audiodescrição aos desfiles.

Luiz Alexandre Souza Ventura

26 de fevereiro de 2020 | 18h11


Ouça essa reportagem com Audima no player acima ou acompanhe a tradução em Libras com Hand Talk no botão azul à esquerda.


Descrição da imagem #pracegover: Intérprete faz a tradução em Libras do enredo da Viradouro. Crédito: Reprodução.


A Viradouro é a grande campeã do Carnaval do Rio de Janeiro, com o enredo ‘Viradouro de alma lavada’. Acompanhe o vídeo legendado do samba vencedor interpretado na Língua Brasileira de Sinais.

Este é o terceiro ano que a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Tecnologia (SMDT), levou Libras e audiodescrição aos desfiles na Marquês de Sapucaí, com vídeos das 13 escolas transmitidos em tempo real. Foram distribuídos 300 convites por dia para pessoas com deficiência, com um acompanhante.



Letra oficial do samba-enredo da Viradouro.

‘Viradouro de alma lavada’

Ora yê yê o oxum! Seu dourado tem axé
Fiz o meu quilombo no Abaeté
Quem lava a alma desta gente veste ouro
É Viradouro! É Viradouro!
Levanta preta que o Sol tá na janela
Leva a gamela pro xaréu do pescador
A alforria se conquista com o ganho
E o balaio é do tamanho do suor do seu amor
Mainha, esses velhos areais
Onde nossos ancestrais
Sempre acordam a manhã
Pra luta
Sentem cheiro de angelim
E a doçura de quindim
Na bica de Itapuã
Camará ganhou a cidade
O erê herdou liberdade
Canto das Marias, baixa do dendê
Chama a freguesia pro batuquejê
São elas dos anjos e das marés
Caboclas do balangandã, ô iaiá
Ciranda de roda na beira do mar
Aguadeira que benze e vai pro terreiro sambar
Ganhadeira de fé!
É a voz da mulher
Xangô ilumina a caminhada
A falange está formada
Um coral cheio de amor
Kaô! O axé vem da Bahia
Esta negra cantoria
Que Maria ensinou
Oh mãe ensaboa
Mãe ensaboa pra depois quarar

Compositores: Marcus Ferreira e Tarcisio Zanon, estreantes na Viradouro.


Vale destacar que a população com deficiência auditiva do Rio de Janeiro pode usar a Central Carioca de Libras, que funciona no Centro Integrado de Assistência à Pessoa com Deficiência – CIAD Mestre Candeia, equipamento da Subsecretaria Municipal de Esporte e Lazer, para acessar serviços públicos municipais.

Intérpretes fazem a mediação para garantir comunicação em atendimentos internos da SMDT e também em atividades externas de ordens jurídicas, trabalhistas, médicas, de outras secretarias e parceiros, além de estar disponível para cobertura de eventos de todos os órgãos da cidade.

O CIAD Mestre Candeia tem esse nome em homenagem ao sambista, cantor e compositor portelense que ficou paraplégico após ser atingido por um tiro nas costas.

Para receber nossas notícias direto em seu smartphone, basta incluir o número (11) 97611-6558 nos contatos e mandar a frase ‘VencerLimites’ pelo Whatsapp. VencerLimites.com.br é um espaço de notícias sobre o universo das pessoas com deficiência integrado ao portal Estadão. Nosso conteúdo também está acessível em Libras, com a solução Hand Talk, e áudio, com a ferramenta Audima. Todas as informações publicadas no blog, nas nossas redes sociais e enviadas pelo Whatsapp são verdadeiras, produzidas e divulgadas após checagem e comprovação. Compartilhe apenas informação de qualidade e jamais fortaleça as ‘fake news’. Se tiver dúvidas, verifique.


Mande mensagem, crítica ou sugestão para blogVencerLimites@gmail.com

Acompanhe o #blogVencerLimites nas redes sociais

Facebook Twitter Instagram LinkedIn YouTube