Casal transmite telejornal em Libras para informar surdos sobre a pandemia

AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Casal transmite telejornal em Libras para informar surdos sobre a pandemia

Programas de TV sem acessibilidade e tradução para a Língua Brasileira de Sinais excluem público com deficiência. Em São Luís (Maranhão), dupla acompanha diariamente programa local e faz, em casa, interpretação ao vivo das notícias a respeito do coronavírus. Estado registrou mais de 15 mil casos e ultrapassou 630 mortes por covid-19. Governador anunciou liberação "gradual" de atividades econômicas a partir da próxima segunda-feira, 25.

Luiz Alexandre Souza Ventura

21 de maio de 2020 | 17h40


Ouça essa reportagem com Audima no player acima ou acompanhe a tradução em Libras com Hand Talk no botão azul à esquerda.


Descrição da imagem #pracegover: Paulo e Jacy estão lado a lado, ambos de roupas pretas, segurando um cartaz branco com a frase “Apoio Libras na TV, Maranhão” escrito com caneta preta. Ao fundo, uma parede branca. Paulo tem 36 anos, pele morena, cabelos pretos, curtos e crespos. Jacy tem 42 anos, pele morena, cabelos pretos, lisos e compridos, presos para trás. Crédito: Arquivo Pessoal.


Um casal de intérpretes da Língua Brasileira de Sinais reservou uma parte do dia, após as obrigações profissionais, para levar informações à comunidade surda sobre o coronavírus e a pandemia da covid-19. Em casa, à noite, eles acompanham um telejornal e, ao vivo, transmitem as notícias em Libras pelo YouTube. Os vídeos também ficam disponíveis para quem não consegue ver em tempo real.

Jacinilde Estrela Ribeiro, de 42 anos, e Paulo Eduardo Nunes da Silva, de 36, são funcionários da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (SEDIHPOP) do Maranhão. Trabalham na Central de Interpretação de Libras (CIL).



“A comunidade surda do Maranhão nos conhece como Paulo e Jacy. Estamos juntos há 13 anos. Não temos deficiência auditiva e não há surdos na nossa família, mas nos tornamos intérpretes, 17 anos atrás, para levar informações em Libras às pessoas surdas durante o culto na igreja”, conta Paulo.

“Foi tudo pela paixão de tornar o ambiente mais acessível e tem sido assim há anos. Agora, no momento da pandemia, como não há acessibilidade na TV, começamos a fazer essa tradução voluntária do jornal local (JMTV – segunda edição, na TV Mirante, afiliada à Rede Globo), que passa às 19h. As pessoas surdas estavam angustiadas, sem conseguir saber das notícias”, diz o intérprete.


Descrição da imagem #pracegover: Paulo e Jacy estão lado a lado, ambos de roupas pretas, fazendo ‘I love you’ na lingua de sinais. Ao fundo, um estúdio com o símbolo do governo do Maranhão. Paulo tem 36 anos, pele morena, cabelos pretos, curtos e crespos. Jacy tem 42 anos, pele morena, cabelos pretos, lisos e compridos, presos para trás. Crédito: Arquivo Pessoal.


A dupla também lidera outras ações como TILs (Tradutor e Intérprete de Libras). “Criamos um grupo de Whatsapp, onde percebemos ainda mais a frustração dos surdos em querer saber as informações, mas não ter acesso. Então, resolvemos transmitir pelo nosso canal ‘Paulo & Jacy TILS SLZ-MA’ no YouTube“, explica.

O casal recebeu apoio do governo maranhense, por intermédio do secretário Francisco Gonçalves (SEDIHPOP) e da secretária adjunta da Pessoa com Deficiência, Beatriz Carvalho, com a compra de equipamentos para os intérpretes usarem em casa. Paulo e Jacy são os tradutores de Libras oficiais para os pronunciamentos do governador Flávio Dino (PCdoB).

“Já temos dois grupos no Whatsapp, que reúnem 350 surdos. Uma das principais reclamações é sobre a falta de acessibilidade nos telejornais. A Associação de Surdos do Maranhão (ASMA) já enviou ofício para as emissoras, mas nenhuma, até agora, colocou intérprete”, ressalta o tradutor.

Para participar dos grupos no Whatsapp, mande mensagem para (98) 99806-0588 ou (98) 98881-3955.

Nesta quarta-feira, 20, o governador Flávio Dino anunciou em que o Maranhão vai começar um processo “gradual” de liberação das atividades econômicas a partir da próxima segunda-feira, 25. A reabertura será dividida por setores, com protocolos sanitários e de segurança aprovados pela Casa Cìvil (leia mais).

Para receber nossas notícias direto em seu smartphone, basta incluir o número (11) 97611-6558 nos contatos e mandar a frase ‘VencerLimites’ pelo Whatsapp. VencerLimites.com.br é um espaço de notícias sobre o universo das pessoas com deficiência integrado ao portal Estadão. Nosso conteúdo também está acessível em Libras, com a solução Hand Talk, e áudio, com a ferramenta Audima. Todas as informações publicadas no blog, nas nossas redes sociais e enviadas pelo Whatsapp são verdadeiras, produzidas e divulgadas após checagem e comprovação. Compartilhe apenas informação de qualidade e jamais fortaleça as ‘fake news’. Se tiver dúvidas, verifique.


Mande mensagem, crítica ou sugestão para blogVencerLimites@gmail.com

Acompanhe o #blogVencerLimites nas redes sociais

Facebook Twitter Instagram LinkedIn YouTube


Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: