ChatTEA, o Whatsapp para autistas

ChatTEA, o Whatsapp para autistas

Empresa que desenvolve soluções para inclusão digital de pessoas com transtornos neurológicos recebeu aporte de agência uruguaia para ampliar projeto. Nesta terça-feira, 2/4, celebramos o Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo.

Luiz Alexandre Souza Ventura

01 de abril de 2019 | 17h00

IMAGEM 01: Empresa que desenvolve soluções para inclusão digital de pessoas com transtornos neurológicos recebeu aporte de agência uruguaia para ampliar projeto. Nesta terça-feira, 2/4, celebramos o Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo. Descrição #pracegover: Smartphone é segurando por uma mão e mostra a tela do aplicativo ChatTEA, que tem leiaute muito semelhante à tela de contatos do Whatsapp. Crédito: Divulgação.


“A tecnologia ajuda meu filho e outros que enfrentam as mesmas dificuldades para serem incluídos na sociedade”, afirma Gerardo Wisosky, co-fundador da Aprendizagem Diferente (Apdif.com).

Wisosky é pai Ilan, de 23 anos, que tem a Síndrome de X Frágil. “Ilan foi diagnosticado muito cedo. Tivemos que reaprender a enxergar o mundo de outra forma, por meio do olhar dele”, conta o empresário.

“Observando como ele utilizava tablet e celular, eu, minha esposa e dois colegas criamos a Apdif.com, para ajudar na inclusão social e digital das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e outras desordens do desenvolvimento neurológico”, explica. “São pessoas em diferentes níveis de comunicação, execução, organização, aprendizagens e outras dificuldades”, avalia Wisosky.

A primeira solução criada pela empresa foi o LLEVO TODO, aplicativo que ajuda a montar a mochila sem esquecer dos principais itens, de maneira simples, organizada e divertida.

“Fomos reconhecidos e recebemos aporte da Agencia Nacional de Investigación e Innovación (ANII), do Uruguai, para ampliar nosso projeto”, comemora o especialista. “Com essa verba lançamos o ChatTEA (iOS e Android), espécie de WhatsApp que facilitar a conversa e a interação entre pessoas com autismo, seus familiares e amigos”, diz.

A empresa também desenvolveu o ‘Interagir’ para pais e tutores criarem diálogos e ilustrações, simulando um acontecimento, e ajudar as crianças antes da socialização real com outras pessoas ou situações do cotidiano. A meta é reduzir a ansiedade e facilitar o enfrentamento.

Outro aplicativo da Aprendizagem Diferente é o ‘Agora Leo”, construído para criar contos com os personagens e as temáticas preferidas de quem está aprendendo a ler. Cada frase e cada palavra têm um som diferente, para que o usuário se torne independente.

Para receber nossas notícias direto em seu smartphone, basta incluir o número (11) 97611-6558 nos contatos e mandar a frase ‘VencerLimites’ pelo Whatsapp. VencerLimites.com.br é um espaço de notícias sobre o universo das pessoas com deficiência integrado ao portal Estadão. Nosso conteúdo também está acessível em Libras, com a solução Hand Talk, e áudio, com a ferramenta Audima. Todas as informações publicadas no blog, nas nossas redes sociais e enviadas pelo Whatsapp são verdadeiras, produzidas e divulgadas após checagem e comprovação. Compartilhe apenas informação de qualidade e jamais fortaleça as ‘fake news’. Se tiver dúvidas, verifique.


Mande mensagem, crítica ou sugestão para blogVencerLimites@gmail.com

Acompanhe o #blogVencerLimites nas redes sociais

Facebook Twitter Instagram LinkedIn Google+ YouTube