“Como você perdeu essa mão?”

“Como você perdeu essa mão?”

Empresa cria próteses com base em personagens do cinema para ajudar a ampliar a aceitação de crianças com deficiência.

Luiz Alexandre Souza Ventura

14 Outubro 2015 | 19h01

“Jedi Logan and Avenger Sydney são duas crianças incríveis”. Foto: Divulgação.

A Open Bionics, companhia britânica especializada em próteses biônicas, criou uma linha de equipamentos com base em personagens do cinema, dentro do programa de aceleração de startups da Disney. As mãos impressas em 3D são inspiradas em, por exemplo, Star Wars, Frozen e Ironman.

Usar a imaginação infantil para vender produtos é uma prática conhecida do mercado de produtos para crianças. E há quem condene a estratégia. Mas este é um daqueles casos nos quais a inteligência é usada para construir ou, de forma mais específica, incluir crianças com deficiência, ampliar a aceitação, combater a exclusão e o preconceito. A ideia é mudar a pergunta “como você perdeu essa mão?” para “onde você conseguiu essa mão?”.

Mão começam a ser vendidas em 2016. Foto: Divulgação

Mãos começam a ser vendidas em 2016. Foto: Divulgação

Foram investidos aproximadamente US$ 120 mil para que a produção das próteses seja mantida e a Disney não vai cobrar royalties pelo uso de seus personagens. Os produtos chegam ao mercado em 2016 e devem ser vendidos por valores entre US$ 500 e US$ 1000.

Tecnologia – Os equipamentos são controlados por impulsos elétricos. A mão do Ironman tem luzes de LED que mostram a força aplicada pela criança em um display. Na prótese Star Wars, a iluminação tem cores azul, verde e vermelha, da mesma forma que os sabres de luz usados por Obi-Wan Kenobi, Luke Skywalker e Darth Vader, além de emitirem o famoso som.

Mais conteúdo sobre:

Acessibilidade