Contra o preconceito disfarçado

Contra o preconceito disfarçado

Luiz Alexandre Souza Ventura

29 de abril de 2014 | 10h36

Imagem: Divulgação

“Muito se fala sobre a integração social. A maioria concorda, mas poucos agem”. Foi a partir desta ideia que a PK by Paco, fabricante de roupas infantis masculinas, criou o Projeto Diversidade.

“Esta iniciativa busca contribuir para a socialização de crianças com deficiência, o que potencializa o desenvolvimento e contribui para o aumento da autoestima. Decidimos parar de falar que ‘ser diferente é ser normal’ e de fato mostrar isso na prática”, diz a empresa.

Como parte do trabalho, a companhia colocou em uma de suas campanhas duas crianças com Síndrome de Down que atuaram como modelos. Também faz parte uma ação para arrecadar fundos para a APAE. Parte do faturamento da coleção T-Shirt Diversidade vendida aos lojistas será repassada à associação.

De cada peça vendida será doado R$ 1. De acordo com o setor de marketing da PK, os modelos de camiseta básica atingem cinco mil peças vendidas. A ação deve durar três meses.

“É a nossa maneira de contribuir para que as crianças e adolescentes atendidos pela instituição tenham acesso a assistência social, prevenção, saúde, educação, emprego e renda”, ressalta a PK.

Curta Facebook.com/VencerLimites
Siga @LexVentura
Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com
O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência

Tudo o que sabemos sobre:

Síndrome de Down

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: