Coronavírus: Saúde esclarece dúvidas pelo Whatsapp

Coronavírus: Saúde esclarece dúvidas pelo Whatsapp

CONTEÚDO ABERTO PARA NÃO-ASSINANTES: Ministério criou serviço com robô que responde perguntas sobre dez temas como transmissão, sintomas, prevenção, diagnóstico, isolamento domiciliar, tratamento e as ações no País.

Luiz Alexandre Souza Ventura

27 de março de 2020 | 07h32


Ouça essa reportagem com Audima no player acima ou acompanhe a tradução em Libras com Hand Talk no botão azul à esquerda.


Descrição da imagem #pracegover: Tela de um smartphone com as orientações apresentadas no serviço automático criado pelo Ministério da Saúde. Crédito: blog Vencer Limites.


O Ministério da Saúde apresentou nesta quinta-feira, 26, um serviço automático de esclarecimento de dúvidas sobre o coronavírus pelo Whatsapp.

O sistema tem um robô que responde perguntas simples sobre dez temas.

1 – O Coronavírus
2 – Transmissão
3 – Sintomas
4 – Prevenção
5 – Diagnóstico
6 – Isolamento domiciliar
7 – Tratamento
8 – Ação no Brasil
9 – Fake ou Verdade
10 – Profissional de saúde

O número é +55 61 9938-0031. O usuário precisa cadastrar nos contatos e seguir as instruções.

Para receber nossas notícias direto em seu smartphone, basta incluir o número (11) 97611-6558 nos contatos e mandar a frase ‘VencerLimites’ pelo Whatsapp. VencerLimites.com.br é um espaço de notícias sobre o universo das pessoas com deficiência integrado ao portal Estadão. Nosso conteúdo também está acessível em Libras, com a solução Hand Talk, e áudio, com a ferramenta Audima. Todas as informações publicadas no blog, nas nossas redes sociais e enviadas pelo Whatsapp são verdadeiras, produzidas e divulgadas após checagem e comprovação. Compartilhe apenas informação de qualidade e jamais fortaleça as ‘fake news’. Se tiver dúvidas, verifique.


Mande mensagem, crítica ou sugestão para blogVencerLimites@gmail.com

Acompanhe o #blogVencerLimites nas redes sociais

Facebook Twitter Instagram LinkedIn YouTube


Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: