Dois cegos no palco

Dois cegos no palco

Espetáculo infantil 'Ventaneira - A Cidade das Flautas' estreia neste sábado, 6, no Rio de Janeiro. Montagem tem apenas dois atores, ambos cegos, entre eles Moira Braga, autora da peça. Todas as sessões são gratuitas.

Luiz Alexandre Souza Ventura

04 de agosto de 2016 | 13h46

Ventaneira é uma cidade fantástica onde flautas voam amarradas em pipas coloridas e somente os ventos podem tocá-las, mas certo dia amanhece sem ventos e sem música. O menino Rudin, que ‘enxerga’ com as mãos, é o único morador que não sabe fazer flautas ou empinar pipas, mas descobre como trazer música e alegria de volta à cidade.

Leia Também

Facebook

O espetáculo infantil ‘Ventaneira – A Cidade das Flautas’, escrito pela atriz e bailarina Moira Braga, estreia neste sábado, 6, às 11h, no Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas, Rio de Janeiro, onde fica em cartaz até o dia 28, aos sábados e domingos. Nos sábados, as sessões têm Libras (Língua Brasileira de Sinais), áudiodescrição e legendas. A classificação é livre e todas as apresentações são gratuitas.

Em cena estão apenas dois atores. A própria Moira Braga e Felipe Rodrigues, ambos cegos. “O texto inspira poesia, música e movimento. Aborda com leveza as diferenças, a diversidade e a capacidade humana de ultrapassar limitações”, diz a autora. “Rudin faz o público se identificar com questões pertinentes a toda criança: se sentir diferente, ser excluído das brincadeiras, não ser compreendido por ter uma forma especial de observar o mundo”, ressalta Moira.

O espetáculo é inspirado na obra ‘As Cidades Invisíveis’, de Ítalo Calvino, e começou como um trabalho de pesquisa em dança, mas ganhou personagens e uma história que precisava ser contada em outro formato. É a terceira montagem na qual Moira e Felipe estão juntos. O primeiro foi o infantil ‘Nhac! Uma Lição de Queijo’, com direção de Mati Lima, pela PAR Cia de Teatro. Fizeram também ‘Volúpia da Cegueira’, dirigida por Alexandre Lino.

“Trabalhar com artistas com deficiência não é muito diferente do desafio de trabalhar com qualquer artista. Todo o processo de criação pressupõe aprendizado e desafios”, diz Moira.

A direção é de Morena Cattoni, que pela primeira vez trabalha com atores com deficiência. “Felipe e Moira são talentosos e muito disponíveis, isso é o mais importante em um processo de criação. ‘Ventaneira’ é um desafio por si só, porque não é uma dramaturgia, mas um conto”, ressalta a diretora.

A montagem foi selecionada no programa Fomento Cidade Olímpica da Secretaria Municipal de Cultura, com patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, e faz parte do Circuito Cultural Rio.

Entre 9 e 24 de setembro, o espetáculo será montado às 15h (sexta-feira e sábado) no Teatro Municipal Gonzaguinha, que fica na Rua Benedito Hipólito, nº 125, na Praça Onze. Nas sessões de sexta-feira haverá recursos de acessibilidade.

SERVIÇO
Ventaneira – A Cidade das Flautas
Estreia: 6 de agosto, às 11 horas
Temporada: 6 a 28 de agosto, com apresentações aos sábados e domingos
Local: Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas (Rua Murtinho Nobre, 169 – Santa Teresa)
Aos sábados, sessões com Libras, áudiodescrição e legendas
Classificação livre
Entrada gratuita

FICHA TÉCNICA

Idealização e texto
Moira Braga

Elenco
Felipe Rodrigues e Moira Braga

Direção
Morena Cattoni

Assistente de Direção
Mati Lima

Direção Musical, Música e Arranjos
Carol d’Avila

Preparação Vocal
Veronica Machado

Cenografia e Figurino
Luci Vilanova

Visagismo
Sergio Mattos

Iluminação
Genilson Barbosa

Ilustrações
Ayara Mendo

Designer Gráfico
Karine Drumond

Fotografia Artística
Thelma Vidales

Audiodescrição
Nara Monteiro e RIOVOX

Intérprete de Libras
JDL Traduções

Direção de Procução
Simone Vidal e Taty Maria

Produção Executiva
Lucciano Whyte

Assistente de Produção
Marcela Rosário

Realização
Arrastão de Ideia

O Circuito Cultural Rio foi idealizado pela Prefeitura do Rio e tem mais de 700 atrações (peças de teatro, exposições, shows, espetáculos de dança, atrações circenses, eventos de gastronomia, manifestações de rua, saraus, bailes e outras propostas) selecionadas e patrocinadas por meio dos editais da Secretaria Municipal de Cultura. Todas serão apresentadas em mais de 100 espaços culturais da cidade, além de eventos ao ar livre.

Tudo o que sabemos sobre:

Deficiência VisualTeatro

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.