Biblioteca online para pessoas com deficiência visual

Biblioteca online para pessoas com deficiência visual

Lançada pela Fundação Dorina Nowill para Cegos, a 'Dorinateca' tem acervo em áudio, formato digital Daisy, além de arquivos para impressão em braille. Mais de 4.400 títulos serão liberados neste ano.

Luiz Alexandre Souza Ventura

07 de outubro de 2015 | 11h29

———-

A tecnologia, mais uma vez, favorece a inclusão e cria acessibilidade em setores carentes de políticas e ações voltadas a pessoas com deficiência. Aliadas à educação, ferramentas digitais ajudam a transformar o mundo para melhor. Desta forma, instituições apostam cada vez mais na internet para ampliar o conhecimento e construir novos acessos.

Um exemplo dessa realidade crescente é a ‘Dorinateca’, biblioteca online acessível criada recentemente pela Fundação Dorina Nowill para Cegos. Com acervo que deve chegar a 4.400 títulos ainda neste ano, oferece livros em áudio, formato digital Daisy, além de arquivos para impressão em braille. Todo o conteúdo disponível para download está protegido para evitar pirataria. Para acessar, basta fazer um cadastro.

O projeto, viabilizado pelo Ministério da Cultura, tem patrocínio dos Parceiros de Visão (Cielo, Sanofi e Carrefour). A plataforma foi desenvolvida por Eduardo Perez e Pedro Milliet, da Results Ltda. Além do acervo que a Fundação Dorina já possui, serão editados mais 100 novos títulos de literatura nacional, estrangeira e infanto-juvenil, best-sellers e conteúdos para concursos públicos.

Segundo a pesquisa

, com 1.007 pessoas com deficiência de todo o Brasil, 73,9% citaram a internet como principal meio de comunicação onde buscam informações no dia-a-dia.

———-