Estudantes criam sistema que transforma Libras em texto

Estudantes criam sistema que transforma Libras em texto

Programa com inteligência artificial reconhece sinais feitos com as mãos, expressões faciais e movimentos do corpo. Jovens foram premiados na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, querem participar de eventos científicos pelo País e buscam intérpretes para aprimorar a plataforma.

Luiz Alexandre Souza Ventura

09 de abril de 2021 | 16h11

Use 26 recursos de acessibilidade digital com a solução da EqualWeb clicando no ícone redondo e flutuante à direita, ouça o texto completo com Audima no player acima, acione a tradução em Libras com Hand Talk no botão azul à esquerda ou acompanhe o vídeo no final da matéria produzido pela Helpvox com a interpretação na Língua Brasileira de Sinais.


Montagem com três fotos de pessoas fazendo sinais de Libras que estão cobertos por linhas e pontos. Crédito: Divulgação.

Descrição da imagem #pracegover: Montagem com três fotos de pessoas fazendo sinais de Libras que estão cobertos por linhas e pontos. Crédito: Divulgação.


Três alunos da Escola Técnica Estadual Lauro Gomes, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, criaram um programa que usa inteligência artificial para transformar movimentos e expressões da Língua Brasileira de Sinais em texto.

Vinícius Luciano Navarrete da Silva, Luciano dos Anjos Oliveira e Fabrício Holanda de Almeida elaboraram o software para o trabalho de conclusão do curso de Técnico em Desenvolvimento de Sistemas. A plataforma reconhece sinais com as mãos, expressões faciais e movimentos do corpo. O programa já consegue converter aproximadamente 100 sinais de Libras e o grupo está em busca de intérpretes para aprimorar o software.

Quem tiver interesse em participar pode entrar em contato pelo email lucianounreal@gmail.com ou no Whatsapp +55 11 94679-5727.

O projeto desenvolvido em sistema operacional Ubuntu, com machine learning e código aberto MediaPipe do Google, ficou entre os dez primeiros na votação popular da 19ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace). Os jovens foram convidados para a Mostratec Jovem-Pará e querem participar de outros eventos científicos.




REPORTAGEM COMPLETA EM LIBRAS (EM GRAVAÇÃO)
Vídeo produzido por Helpvox com a versão da reportagem na Língua Brasileira de Sinais pela tradutora e intérprete Milena Silva.


Para receber as reportagens do #blogVencerLimites no Telegram, acesse t.me/blogVencerLimites.



Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.