Estudantes da rede pública apresentam curtas sobre inclusão

Estudantes da rede pública apresentam curtas sobre inclusão

Projeto exibiu oito filmes produzidos por alunos de escolas municipais de São Paulo sobre a convivência com pessoas com deficiência. Assista ao filme 'O essencial da Vida', produzido pelos alunos da EMEF Julio Marcondes Salgado.

Luiz Alexandre Souza Ventura

24 Novembro 2016 | 12h28

Meta do projeto é romper preconceitos diante das diferenças e estimular o diálogo sobre a inclusão da pessoa com deficiência dentro das escolas. Imagem: Reprodução/YouTube

Meta do projeto é romper preconceitos diante das diferenças e estimular o diálogo sobre a inclusão da pessoa com deficiência dentro das escolas. Imagem: Reprodução/YouTube


Alunos de escolas da rede municipal de São Paulo apresentaram nesta quinta-feira, 24, no Cine Olido, oito curtas produzidos pelos próprios estudantes que mostram como é a convivência com pessoas com deficiência.

O projeto ‘Inclusão na Tela: o olhar dos estudantes’ foi criado a partir de um convite da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (SMPED).

Seis equipes da Imprensa Jovem (programa da prefeitura que funciona como agências de notícias formadas por estudantes das escolas municipais de Ensino Infantil e Fundamental) produziram os filmes. Também foram convidadas mais duas escolas que possuem projetos de audiovisual.


O projeto Imprensa Jovem tem 200 agências de notícias em funcionamento dentro das escolas, com participação de 2,5 mil alunos. Imagem: Divulgação.

O projeto Imprensa Jovem tem 200 agências de notícias em funcionamento dentro das escolas, com participação de 2,5 mil alunos. Imagem: Divulgação


Os estudantes desenvolveram roteiros, gravaram depoimentos, contaram histórias e construíram narrativas com base em fatos reais ou ficcionais sobre suas vivências no ambiente escolar A meta é romper preconceitos diante das diferenças e estimular o diálogo sobre a inclusão da pessoa com deficiência dentro das escolas.

O evento marca o início das comemorações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, celebrado do dia 3 de dezembro.

Além da exibição dos filmes, foi promovido um debate sobre a produção do material, medidado pelo secretário adjunto da Pessoa com Deficiência, Dudu Braga.



Saiba mais – O projeto Imprensa Jovem foi criado pela Secretaria Municipal de Educação de São Paulo em 2005. Tem atualmente 200 agências de notícias em funcionamento dentro das escolas, com participação de 2,5 mil estudantes, que criam suas próprias pautas, pesquisam e editam os conteúdos. Professores fazem a mediação pedagógica do planejamento, e avaliam as produções.

Alguns alunos do projeto participam da cobertura de eventos importantes, como a Bienal do Livro, em 2014, e a Campus Party, em 2015, ambos em São Paulo. As coberturas são compartilhadas em blogs, rádios virtuais, Youtube e Facebook.

Acompanhe o blog Vencer Limites nas redes sociais

Mais conteúdo sobre:

Imprensa JovemFilmeEstudantes