Exposição gratuita destaca a luta de pessoas com deficiência visual

Exposição gratuita destaca a luta de pessoas com deficiência visual

'Sentir a diVERsidade' integra as comemorações pelo aniversário da Fundação Dorina Nowill para Cegos, que completou 70 anos no último dia 11 de março.

Luiz Alexandre Souza Ventura

22 de março de 2016 | 15h20

'Sentir a diVERsidade' no CEU Butantã (Divulgação)

‘Sentir a diVERsidade’ no CEU Butantã (Divulgação)

———-

O CEU Butantã, na zona oeste da capital paulista, recebe, entre 25 de março e 24 de abril, a exposição itinerante ‘Sentir a diVERsidade’, que conta a história da luta de pessoas com deficiência visual. A mostra, que tem entrada gratuita, integra as comemorações pelos 70 anos da Fundação Dorina Nowill para Cegos, completos no último dia 11 de março.

São painéis com informações, fotos e objetos que ilustram o que é a deficiência visual e a relação entre os sentidos e o cotidiano, tudo com audiodescrição, videolibras, folhetos e textos em tinta-braille.

SERVIÇO:
Exposição ‘Sentir a diVERsidade’
Local: CEU Butantã
Endereço: Avenida Engenheiro Heitor Antônio Eiras García, nº 1728, Jardim Esmeralda, São Paulo/SP
Data: de 25 de março a 24 de abril
Informações: (11) 5087-0955 ou aprendendocm@fundacaodorina.org.br

Cartaz da campanha 'Além do que você enxerga' (Divulgação0

Cartaz da campanha ‘Além do que você enxerga’ (Divulgação)

70 anos – Para marcar seu aniversário, a Fundação Dorina lançou uma campanha, assinada pela agência nova/sb – em parceria com a bossa nova films e a sonido -, com a mensagem “O mundo vai além do que você enxerga. Feche seus olhos”, apresentada em cartazes, vídeos e spots que serão veiculados durante todo o ano.

Nas últimas sete décadas, a organização, sem fins lucrativos e de caráter filantrópico, produziu mais de seis mil títulos e dois milhões de volumes impressos em braille, além de contribuir com mais de 2700 obras em áudio e cerca de outros 900 títulos digitais acessíveis para o acervo nacional.

A cada ano, mais de 1.100 pessoas são reabilitadas pela fundação, e aproximadamente 17 mil foram atendidas nos serviços de clínica de visão subnormal, reabilitação e educação especial.

FICHA TÉCNICA
Cliente: Fundação Dorina Nowill para Cegos
Campanha: 70 anos ampliando horizontes
Direção de Criação: Antonio Batista
Direção de Arte: Alexandre Perotto
Redação: Gera Oliveira
Atendimento: Ana Rangel, Joana Araujo e Gabriela Ferrari
Aprovação do cliente: Daniela Coutelle
Produtoras: Sonido e Bossa Nova

———-

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.