‘FingerReader’ promete ajudar pessoas com deficiência visual

‘FingerReader’ promete ajudar pessoas com deficiência visual

Luiz Alexandre Souza Ventura

22 de abril de 2014 | 10h50

Curta Facebook.com/VencerLimites
Siga @LexVentura
Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com
O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência

Foto: Reprodução

‘FingerReader’ é o nome dado a um anel que promete ajudar pessoas com deficiência visual a ler, e até traduzir, qualquer texto, sem a necessidade da versão em Braille.

O anel, desenvolvido por pesquisadores do MIT Media Lab, do Massachusetts Institute of Technology, desliza pelas palavras e, segundo os cientistas, analisa o texto e faz uma espécie de locução do conteúdo. O protótipo tem voz robótica, mas os cientistas afirmam que uma voz “mais agradável” será incluída.

O laboratório explica que o “FingerReader é uma ferramenta tanto para pessoas com deficiência visual que necessitam de ajuda com texto impresso, bem como no auxílio para a tradução”.

O anel detecta quando o usuário se afasta da linha de base do texto e ajuda a manter um movimento de varredura em linha reta. E o aparelho vibra para indicar o começo e o fim da linha.

Tudo o que sabemos sobre:

Deficiência VisualFingerReader

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: