Hand Talk prevê crescimento de 130% e mira mercado internacional

Hand Talk prevê crescimento de 130% e mira mercado internacional

Startup brasileira especializada na tradução automática de Libras recebeu aporte de R$ 3 milhões do Google. Recurso será investido em pessoas e parcerias, para ampliar a equipe de especialistas e aprimorar o uso de inteligência artificial, além de incluir no sistema a língua americana de sinais.

Luiz Alexandre Souza Ventura

23 de maio de 2019 | 11h30


Ouça essa reportagem com Audima no player acima ou acompanhe a tradução em Libras com Hand Talk no botão azul à esquerda.


Descrição da imagem #pracegover: Ronaldo Tenório, Carlos Wanderlan e Thadeu Luz, da Hand Talk, estão acompanhados dos mentores do Google AI Impact Challenge. Crédito: Divulgação.


A Hand Talk, startup brasileira especializada na tradução automática da Língua Brasileira de Sinais (Libras), deve crescer até 130% neste ano no País, prevê o CEO da empresa, Ronaldo Tenório. É uma comprovação da importância da acessibilidade na internet e um fortalecimento do uso da inteligência artificial para aprimorar a tecnologia assistiva.

A companhia acaba de receber um aporte de R$ 3 milhões do Google.org, por meio do programa Google AI Challenge. “Foi uma chamada para organizações, com ou sem fins lucrativos, que trabalham com inteligência artificial para impactar a vida de pessoas. Era a cara da Hand Talk porque é exatamente isso que fazemos. Nos inscrevemos, passamos por algumas etapas e fomos escolhidos”, celebra Tenório.

No total, o Google recebeu 2.600 inscrições de todo o mundo. “Inscrevemos um projeto para melhorar a qualidade de tradução do Hugo (avatar do aplicativo que faz o sinais), com uso da inteligência artificial. Para fazer isso, precisamos de cientistas de dados, desenvolvedores e linguistas”, explica o executivo. “Também queremos incluir no sistema a ASL (American Sign Language), a língua americana de sinais (usada nos Estados Unidos, Canadá e México)”.

A startup tem mais de 150 empresas, de médio e grande porte, em sua lista de clientes no Brasil. Entre as mais recentes são Azul Linhas Aéreas e Samsung. No caso da Azul, somente nos primeiros meses de uso da ferramenta em seu website – de setembro a dezembro de 2018 – foram mais de 4 milhões de traduções para Libras. E a Samsung, além de ter a solução da Hand Talk em sua página, também faz atendimento em Libras por videoconferência.

“Essa expansão tem base na defesa da acessibilidade. O summit de acessibilidade digital que fizemos em 2018 teve mais de 6 mil inscritos. Nossa expectativa é chegar a 10 mil inscritos neste ano”, diz o CEO.

Para receber nossas notícias direto em seu smartphone, basta incluir o número (11) 97611-6558 nos contatos e mandar a frase ‘VencerLimites’ pelo Whatsapp. VencerLimites.com.br é um espaço de notícias sobre o universo das pessoas com deficiência integrado ao portal Estadão. Nosso conteúdo também está acessível em Libras, com a solução Hand Talk, e áudio, com a ferramenta Audima. Todas as informações publicadas no blog, nas nossas redes sociais e enviadas pelo Whatsapp são verdadeiras, produzidas e divulgadas após checagem e comprovação. Compartilhe apenas informação de qualidade e jamais fortaleça as ‘fake news’. Se tiver dúvidas, verifique.


Mande mensagem, crítica ou sugestão para blogVencerLimites@gmail.com

Acompanhe o #blogVencerLimites nas redes sociais

Facebook Twitter Instagram LinkedIn YouTube


Tendências: