Mara Gabrilli é diagnosticada com covid-19

Mara Gabrilli é diagnosticada com covid-19

Ela está isolada em seu apartamento há dois meses e contraiu o coronavírus de cuidadora. Por ser tetraplégica, a senadora depende totalmente de seus colaboradores, que continuam trabalhando. Caso alerta para a situação de pessoas com deficiência que precisam de auxílio permanente e estão diretamente expostas ao coronavírus, mesmo protegidas em casa. Parlamentar ficará 14 dias afastada de suas funções no Congresso.

Luiz Alexandre Souza Ventura

19 de maio de 2020 | 18h01


Ouça essa reportagem com Audima no player acima ou acompanhe a tradução em Libras com Hand Talk no botão azul à esquerda.


Descrição da imagem #pracegover: A senadora Mara Gabrilli aparece em um monitor de vídeo durante sessão remota na sala da Secretaria de Tecnologia da Informação do Senado Federal (Prodasen). De costas para a câmera e de frente para a tela está o senador Weverton Rocha (PDT-MA). Crédito: Waldemir Barreto / Agência Senado.


A senadora Mara Gabrilli (PSDB/SP) informou nesta terça-feira, 19, por meio de nota à imprensa, que recebeu diagnóstico positivo de covid-19.

Segundo a nota, a parlamentar contraiu o vírus de uma de suas cuidadoras, que também está com a infecção. A mãe dessa funcionária morreu na semana passada em decorrência da doença.

Mara Gabrilli está isolada em casa há aproximadamente dois meses. Por ser tetraplégica, depende totalmente de seus cuidadores, que continuam trabalhando. Isso ocorre com todas as pessoas com deficiência que precisam de cuidados permanentes. Mesmo obedecendo a todas as regras de isolamento e distanciamento social, pessoas com deficiência estão diretamente expostas ao coronavírus.

Ela vai permanecer reclusa em seu apartamento, em São Paulo, onde continuará em isolamento, afastada de suas atividades no Congresso por 14 dias.

Recentemente, a senadora protocolou dois PLs que garantem a segurança no transporte do acompanhante da pessoa com deficiência e a criação de planos de emergência para vulneráveis durante a pandemia de covid-19.

Além disso, enviou cinco indicações sobre acolhimento social, ensino inclusivo, combate à violência durante o isolamento, identificação correta do paciente com deficiência infectado pelo coronavírus e a elaboração de protocolos específicos de atendimento urgente aos ministérios da Saúde, Justiça e Segurança Pública, Cidadania e da Educação.

As propostas têm base em nota da Rede-In (Rede Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência) e em carta enviada aos governadores de todo o País, assinada por dez instituições.

Confira a íntegra da nota.

“Nota à imprensa

A senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) realizou um exame na segunda-feira (18) e nesta terça-feira (19) atestou positivo para a Covid-19.

Desde o início da pandemia, a senadora está reclusa em seu apartamento, em São Paulo, de onde participa das sessões remotas realizadas pelo Senado Federal. Ao que tudo indica, a parlamentar contraiu o vírus de uma de suas cuidadoras, que também está com Covid-19 e cuja mãe, lamentavelmente, faleceu na última semana devido à doença.

Mara Gabrilli, no entanto, encontra-se bem, sem sintomas severos, mas com perda de olfato e paladar. Seguindo orientações médicas, a senadora seguirá em isolamento domiciliar e se afastará das atividades pelos próximos 14 dias.

A senadora reforça sua preocupação diante da ausência de um plano emergencial para as milhares de pessoas com deficiência, pessoas com doenças raras e pessoas idosas que necessitam de um cuidador, o que lhes impedem de adotar em 100% o distanciamento e o isolamento social. Por isso, pede atenção ao pacote de medidas para proteção de pessoas com deficiência durante a pandemia, que apresentou no Senado Federal.

Assessoria de Imprensa da Senadora Mara Gabrilli”

Para receber nossas notícias direto em seu smartphone, basta incluir o número (11) 97611-6558 nos contatos e mandar a frase ‘VencerLimites’ pelo Whatsapp. VencerLimites.com.br é um espaço de notícias sobre o universo das pessoas com deficiência integrado ao portal Estadão. Nosso conteúdo também está acessível em Libras, com a solução Hand Talk, e áudio, com a ferramenta Audima. Todas as informações publicadas no blog, nas nossas redes sociais e enviadas pelo Whatsapp são verdadeiras, produzidas e divulgadas após checagem e comprovação. Compartilhe apenas informação de qualidade e jamais fortaleça as ‘fake news’. Se tiver dúvidas, verifique.


Mande mensagem, crítica ou sugestão para blogVencerLimites@gmail.com

Acompanhe o #blogVencerLimites nas redes sociais

Facebook Twitter Instagram LinkedIn YouTube


Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.