“O amor entre dois homens não é ‘amor-gay’, mas apenas amor”

“O amor entre dois homens não é ‘amor-gay’, mas apenas amor”

Saulo Sisnando, escritor premiado por trabalhos no teatro que destacam o protagonismo gay, lança 'Terra de Paixões', seu primeiro livro. "É rasgadamente romântico e dialoga com vários públicos", diz.

Luiz Alexandre Souza Ventura

17 de janeiro de 2022 | 12h18

Foto de Saulo Sisnando, homem branco, de aproximadamente 30 anos, com cabelos e barba castanhos. Está olhando diretamente para a câmera e tem um leve sorriso no rosto. Veste camisa social clara. Ao fundo, uma estante com muitos livros.

“Sonho com o tempo em que heterossexuais consigam transpor a orientação sexual dos protagonistas”, diz Saulo Sisnando. Crédito: Divulgação.


“Meu maior desafio é fazer o leitor entender e sentir que o amor entre dois homens não é ‘amor-gay’, mas apenas amor”, diz Saulo Sisnando, escritor e roteirista, premiado por seus trabalhos no teatro, que acaba de lançar ‘Terra de Paixões’, seu primeiro livro.

“Quis escrever um livro rasgadamente romântico, inspirado no universo dos livros de banca. De leitura rápida, com uma trama rocambolesca e divertida, mas que também dialoga com um público que não vejo abraçado pelas atuais obras LGBT”, afirma.

“O mercado editorial rotula as obras e define os possíveis leitores, mulheres ou homens, e pouquíssimas vezes tivemos livros destinados aos LGBT. Sempre tentávamos encontrar em histórias heteronormativas camadas que falassem conosco. Hoje nós temos livros LGBT, escritos por escritores LGBT, para o público LGBT e é bom demais ter essa representatividade”, diz.

“Sonho com o tempo em que heterossexuais consigam transpor a orientação sexual dos protagonistas e entendam que são histórias de pessoas fortes, às vezes felizes, às vezes tristes, que trabalham, pagam as contas, entram no Tinder, assistem Netflix, saem para conversar com amigos”, comenta.


Capa do livro 'Terra de Paixões' mostra um homem jovem, vestido com roupas de cowboy e, mais abaixo, vários cavalos correndo.

Clique na imagem para comprar o livro. Crédito: Divulgação.


Sisnando explica que ‘Terra de Paixões’ é uma história romântica sobre uma paixão avassaladora que, por acaso, possui dois homens como protagonistas. “Reconhecer-se com as dores e sonhos do Bernardo e do Enrico não transforma o leitor em LGBT, apenas mostra que, no final de tudo, somos todos seres humanos incompletos e imperfeitos, em busca da felicidade”, defende.

O autor diz ter crescido lendo escritores best-sellers como Sidney Sheldon, Janet Dailey, Danielle Steel, Barbara Cartland e admite ter essa influência, além das telenovelas e seus maiores autores, como Janet Clair, Gilberto Braga e Gloria Perez.

“O folhetim faz parte da essência do nosso povo. É natural que, em meus romances românticos, eu encontre essas referências”, confessa.

‘Terra de Paixões’ é o primeiro volume da coletânea Infinita Coleção, com dez livros voltados ao público gay. “A série passará pelos clichês clássicos das histórias românticas, mas sempre voltado para os que amam um casal de novela, mas nunca se sentiu representado”, completa Sisnando.

FICHA TÉCNICA
Livro: Terra de Paixões
Autor: Saulo Sisnando
Editora: Teatro de Apartamento
ISBN: 978-6599476907
Formato: 14X21
Páginas: 244
Preço: R$ 15 (eBook) e R$ 30 (físico)
CLIQUE AQUI PARA COMPRAR


Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.