Pesquisa sobre a empregabilidade das pessoas com deficiência

Pesquisa sobre a empregabilidade das pessoas com deficiência

Secretaria da Pessoa com Deficiência de São Paulo faz levantamento para orientar ações em 2021. Em SP, apenas 1% da população com deficiência está incluída no mercado de trabalho.

Luiz Alexandre Souza Ventura

16 de dezembro de 2020 | 14h33

Use 26 recursos de acessibilidade digital com a solução da EqualWeb clicando no ícone redondo e flutuante à direita, ouça o texto completo com Audima no player acima, acione a tradução em Libras com Hand Talk no botão azul à esquerda ou acompanhe o vídeo no final da matéria produzido pela Helpvox com a interpretação na Língua Brasileira de Sinais.


Foto da entrada da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, no Memorial da América Latina, região oeste da capital paulista. À frente, do lado direito, uma placa com o símbolo do governo de SP. Ao fundo, uma porta vermelha embaixo de dois arcos brancos de concreto. Crédito: Divulgação.

Descrição da imagem #pracegover: Foto da entrada da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, no Memorial da América Latina, região oeste da capital paulista. À frente, do lado direito, uma placa com o símbolo do governo de SP. Ao fundo, uma porta vermelha embaixo de dois arcos brancos de concreto. Crédito: Divulgação.


A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo (SEDPcD) está fazendo uma pesquisa sobre empregabilidade. O aumento do desemprego na pandemia e a constante exclusão da pessoa com deficiência do mercado de trabalho são preocupantes e levaram a pasta a produzir esse estudo para orientar atividades em 2021, identificar os interesses do trabalhador com deficiência e as barreiras para sua permanência no emprego, ampliar a qualificação e potencializar a inclusão.

SP tem aproximadamente 3 milhões de pessoas com deficiência, mas apenas 1% dessa população está incluída no mercado de trabalho, segundo a Base de Dados dos Direitos da Pessoa com Deficiência. E informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) mostram que, entre janeiro e outubro deste ano, no estado, 24.679 trabalhadores com deficiência foram demitidos, enquanto 16.435 foram contratados, o que deixa um saldo 8.244 profissionais com deficiência desempregados.

Quem tiver interesse em participar da pesquisa, até 31 de janeiro, deve acessar bit.ly/PesquisaEmprego. Surdos que preferem se comunicar na Língua Brasileira de Sinais podem acessar bit.ly/PesquisaEmpregoLibras.


REPORTAGEM COMPLETA EM LIBRAS (EM GRAVAÇÃO)
Vídeo produzido pela Helpvox com a versão da reportagem na Língua Brasileira de Sinais.


Para receber as reportagens do #blogVencerLimites no Whatsapp, mande ‘VENCER LIMITES’ para +5511976116558 e inclua o número nos seus contatos. Se quiser receber no Telegram, acesse t.me/blogVencerLimites.



Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.