Pessoas com deficiência estão liberadas do novo rodízio em São Paulo

AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Pessoas com deficiência estão liberadas do novo rodízio em São Paulo

CONTEÚDO ABERTO PARA NÃO-ASSINANTES: Informacão foi confirmada ao #blogVencerLimites pela Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência. Isenção vale para veículos que já têm autorização da Prefeitura. Medida anunciada hoje restringe a circulação de metade dos carros na cidade durante a pandemia de covid-19, "para evitar o lockdown", afirma o prefeito. População com deficiência está no grupo de risco do coronavírus.

Luiz Alexandre Souza Ventura

07 de maio de 2020 | 16h43


Ouça essa reportagem com Audima no player acima ou acompanhe a tradução em Libras com Hand Talk no botão azul à esquerda.


Descrição da imagem #pracegover: Foto de uma via de São Paulo com veículos em movimento. Crédito: Reprodução.


Os veículos de pessoas com deficiência, condutoras ou não-condutoras, que já têm autorização da Prefeitura e estão isentos do rodízio de carros na cidade de São Paulo continuam liberados para circulação em qualquer dia, mesmo com as novas medidas anunciadas nesta quinta-feira, 7, pelo prefeito Bruno Covas (PSDB).

A informação foi confirmada ao #blogVencerLimites pela Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED).

Para quem ainda não tem a autorização, neste momento de isolamento social e serviços presenciais interrompidos, o pedido deve ser feito pelo Portal de Atendimento SP156 (clique aqui).

Polícia Militar, prestadores de serviços das redes de energia, gás e água, além das ambulâncias, também continuam isentos.

O novo rodízio começa a vigorar nesta segunda-feira, 11, em toda a cidade, o dia inteiro, inclusive aos sábados e domingos. Nos dias pares, circulam carros com placas de final par (0, 2, 4, 6 e 8). E nos dias ímpares, placas de final ímpar (1, 3, 5, 7 e 9).

A norma foi criada para evitar a proliferação do coronavírus e para auxiliar no combate à pandemia de covid-19. A rede municipal de Saúde da capital paulista tem mais de 90% dos leitos de UTI ocupados.

Todos os profissionais da área da Saúde também estão isentos do rodízio, mas precisam se cadastrar no isencao.covid19@prefeitura.sp.gov.br.

Um comunicado será enviado por email a todos os prestadores de serviço solicitando a cada profissional envio da documentação simples e autodeclaratória com CPF, nome do profissional, estabelecimento no qual ele trabalha e a placa do seu veículo.

A Prefeitura vai dar um prazo de dez dias para o cadastro e, nesse período, as multas desses profissionais serão excluídas, segundo a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes.

Para receber nossas notícias direto em seu smartphone, basta incluir o número (11) 97611-6558 nos contatos e mandar a frase ‘VencerLimites’ pelo Whatsapp. VencerLimites.com.br é um espaço de notícias sobre o universo das pessoas com deficiência integrado ao portal Estadão. Nosso conteúdo também está acessível em Libras, com a solução Hand Talk, e áudio, com a ferramenta Audima. Todas as informações publicadas no blog, nas nossas redes sociais e enviadas pelo Whatsapp são verdadeiras, produzidas e divulgadas após checagem e comprovação. Compartilhe apenas informação de qualidade e jamais fortaleça as ‘fake news’. Se tiver dúvidas, verifique.


Mande mensagem, crítica ou sugestão para blogVencerLimites@gmail.com

Acompanhe o #blogVencerLimites nas redes sociais

Facebook Twitter Instagram LinkedIn YouTube


Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: