Prêmio internacional celebra importância da tecnologia para a inclusão

Prêmio internacional celebra importância da tecnologia para a inclusão

Global WSA recebe inscrições até o dia 14 de agosto. No Brasil, concurso tem categoria especial para recursos de acessibilidade digital. Fases nacionais têm oito escolhidos. Vencedores são anunciados em evento na Áustria. Premiação tem apoio da ONU e da Secretaria da Pessoa com Deficiência de São Paulo.

Luiz Alexandre Souza Ventura

04 Agosto 2017 | 11h08

Acesse https://premiowsa.com.br. Imagem: Reprodução

Acesse PremioWSA.com.br. Imagem: Reprodução


Global WSA (World Summit Award)https://premiowsa.com.br – é uma premiação criada em 2002 para reforçar que tecnologias da informação e comunicação são ferramentas indispensáveis ao desenvolvimento e promoção do conhecimento.

Mais de 150 países são representados por milhares de inscritos em concursos locais. É um festival tecnológico que celebra a diversidade, inovação, acessibilidade e a inclusão, com o apoio da ONU (Organização das Nações Unidas), da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED) de São Paulo, além de organizações e empresas internacionais.

Qualquer órgão público, empresa, entidade ou indivíduo pode concorrer em várias categorias. O prêmio recebe inscrições até o dia 14 de agosto pela internet (clique aqui).

Premiação criada em 2002 destaca a tecnologia como indispensável para o desenvolvimento e a promoção do conhecimento. Imagem: Reprodução

Premiação criada em 2002 destaca a tecnologia como indispensável para o desenvolvimento e a promoção do conhecimento. Imagem: Reprodução


As fases nacionais têm oito projetos escolhidos em cada país para a disputa global. Os selecionados para representar o Brasil serão anunciados no dia 30 de agosto, em São Paulo, durante a Expo Fórum de Marketing Digital, organizado pela Digitalks no Transamérica Expo Center.

Na fase internacional, 15 trabalhos são escolhidos em cada categoria e cinco apresentam seus trabalhos na feira de tecnologia em Salzburg, na Áustria, promovida pelo Centro Internacional de Novas Mídias (ICNM – International Center for New Media), onde o vencedor é anunciado. Não há prêmio em dinheiro.

CATEGORIAS

1 – Governo e participação cidadã
? Fornecimento de soluções de conteúdo das administrações públicas, incluindo os indivíduos, empresas e organizações, para melhorar significativamente a profundidade de serviço e qualidade;

2 – Saúde e bem-estar
? Cuidados com o bem estar, ferramentas de gestão para profissionais, informações para o paciente/cliente e democratização do acesso à saúde;

3 – Aprendizagem e educação
? Atender as necessidades dos alunos na aquisição de conhecimentos e habilidades para um mundo complexo e globalizado; transformando escolas, universidades e outras instituições de ensino e a criação de comunidades de aprendizagem eletrônica e soluções para treinamento corporativo;

4 – Ambiente e energia verde
? Serviços de entretenimento digital, recursos para cinema, teatro e televisão online, jogos digitais, comunidades virtuais e aplicativos interativos;

5 – Cultura e turismo
? Preservação e apresentação do patrimônio cultural em linha com os desafios do futuro, demonstrando bens culturais de valor claro e informativo utilizando a tecnologia state-of-the-art, desenvolvimento da diversidade de culturas, sub-culturas e da natureza multilingual das sociedades;

6 – Assentamentos inteligentes e urbanização
? Utilização das TIC para relatar as notícias e apresentar histórias de uma forma interativa, com novos dados e compartilhamento de informações, apresentando os trabalhos de jornalismo que usam a web para texto, imagem e vídeo;

7 – Negócios e comércio
? Suporte e otimização de processos de negócios, novos modelos eletrônicos para o comércio presencial e online, segurança nas transações pela Internet, incentivo à digitalização de pequenas e médias empresas, aperfeiçoamento do atendimento a clientes;

8 – Inclusão e capacitação
? Medidas de apoio à integração da sociedade mundial da informação, envolvendo os países menos desenvolvidos na sociedade do conhecimento, reduzindo a diferença digital entre os capacitados e a tecnologia de comunidades ou grupos excluídos, como as zonas rurais, as mulheres, os idosos, os deficientes e as crianças; fortalecimento da participação social e política dos indivíduos e grupos através das TIC; responsabilizar os cidadãos e partes interessadas nos serviços públicos;

9 – Categoria Especial Acessibilidade
? No Brasil, entre os inscritos será escolhido e premiado o produto/conteúdo que mais se destacar pelos recursos de acessibilidade digital, tendo como referência os critérios internacionais do W3C.

Quer receber as notícias do #blogVencerLimites pelo WhatsApp? Adicione (11) 97611-6558 aos contatos e mande a frase 'VencerLimitesWhatsApp'

Quer receber as notícias do #blogVencerLimites pelo WhatsApp? Adicione (11) 97611-6558 aos contatos e mande a frase ‘VencerLimitesWhatsApp’