Projeto garante assistência a pessoas em situação de rua há 10 anos

Projeto garante assistência a pessoas em situação de rua há 10 anos

Iniciativa da Pastoral do Povo da Rua, em Guarulhos, oferece higiene, atendimento odontológico, cortes de cabelo, café da manhã, doação de roupas e cobertores. Grupo recebeu, por meio da ONG Banho da Esperança, um trailer adaptado com dois chuveiros de água quente. Em um dia, 150 pessoas foram beneficiadas.

Luiz Alexandre Souza Ventura

13 de abril de 2021 | 11h27

Foto de uma mulher e dois homens, que estão abraçados, sorrindo e acenando para a câmera. Crédito: Monica Zanon / Divulgação.

Descrição da imagem #pracegover: Foto de uma mulher e dois homens, que estão abraçados, sorrindo e acenando para a câmera. Crédito: Monica Zanon / Divulgação.


O Projeto Assistencial Povo da Rua, liderado pelo Padre Paulo Leandro, da Capela Nossa Senhora do Rosário, em Guarulhos (SP), completou uma década. A iniciativa recebeu 150 pessoas no último domingo, 11, com oferta de banho, atendimento odontológico, cortes de cabelo, café da manhã, doação de roupas, cobertores e outros itens para pessoas em situação de rua.

Pela primeira vez, o grupo usou um trailer com dois chuveiros de água quente, torneiras, espelhos e armários, além de dezenas de litros de shampoos e condicionadores. O equipamento foi obtido por meio da ONG Banho da Esperança. A expectativa é que o veículo proporcione banhos semanais em diversas cidades.

A organização está em busca de pessoas e empresas que queiram contribuir com a construção de um novo trailer, para entrega no começo de 2022, que será usado pelo Instituto Gás, que ajuda pessoas em situação de rua, animais vulneráveis e comunidades em situação de risco em São Paulo e região metropolitana.

O projeto tem apoio e doações de diversas regiões do País, inclusive de artistas, mas principalmente da Quimatic/Tapmatic, da Bolsa dos Valores, da Congregação Israelita Paulista (CIP), da Lorenzetti e da empresa de cosméticos Kesla.


Para receber as reportagens do
#blogVencerLimites no Telegram,
acesse t.me/blogVencerLimites.



Tudo o que sabemos sobre:

Pessoa em situação de rua

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.