Projeto para inclusão de pessoas com deficiência no trabalho chega a Paraisópolis

Projeto para inclusão de pessoas com deficiência no trabalho chega a Paraisópolis

Programa do governo de SP promove o desenvolvimento profissional, estimula a permanência no emprego e oferece qualificação. Atendimento será semanal, com busca de candidatos, entrevistas, orientação sobre laudos, identificação de oportunidades e apoio após a contratação.

Luiz Alexandre Souza Ventura

26 de julho de 2021 | 13h50

Foto da área interna da Praça da Cidadania, em Paraisópolis, mostra uma arquibancada verde e circular de três níveis, um piso de pedras cinza em mosaico, um portão de ferro fechado, um homem à esquerda, prédios, árvores e a rua em volta. A foto foi feita durante um dia de sol e céu sem nuvens.

Atendimento do Polo de Empregabilidade Inclusiva (PEI) será na Praça da Cidadania. Crédito: Divulgação.


A comunidade de Paraisópolis, na região sul de São Paulo, foi incluída no programa do governo de SP para acesso de pessoas com deficiência ao mercado de trabalho. O atendimento do Polo de Empregabilidade Inclusiva (PEI) começa nesta terça-feira, 27, na Praça da Cidadania, e será semanal, das 9h às 13h.

A unidade faz parte do projeto Meu Emprego Inclusivo, que promove o desenvolvimento profissional, a inclusão e a permanência de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, além de oferecer qualificação.

O programa busca candidatos, faz entrevistas, identifica de habilidades, competências e interesses profissionais, orienta sobre laudos, localiza de oportunidades nas empresas e mantém o apoio após a contratação.

A iniciativa é organizada pelas secretarias estaduais dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Desenvolvimento Econômico, com o apoio do Fundo Social de São Paulo.


Foto aérea da Praça da Cidadania, em Paraisópolis.

Projeto para inclusão de pessoas com deficiência no trabalho chega a Paraisópolis. Crédito: Divulgação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.