Recife recebe mostra acessível de cinema erótico

Recife recebe mostra acessível de cinema erótico

'Cine Às Escuras' reúne filmes, oficinas e debate sobre a sexualidade, com participação de audiodescritores, locutores, intérpretes e tradutores de Libras, legendistas, consultores deficiência visual e auditiva. Evento é aberto somente para maiores de 18 anos, com entrada gratuita.

Luiz Alexandre Souza Ventura

28 de junho de 2017 | 18h37

CÍTRICA - #pracegover - Uma mulher magra, de pele clara, usa lingerie preta com sutiã transparente. Ela está sentada de perfil para direita com a perna esquerda flexionada, o tronco e cabeça pendentes para trás. Próximo à mulher, há um ventilador de mesa com fitas metálicas presas à grade dele. Imagem: Divulgação

#pracegover – CÍTRICA: uma mulher magra, de pele clara, usa lingerie preta com sutiã transparente. Ela está sentada de perfil para direita com a perna esquerda flexionada, o tronco e cabeça pendentes para trás. Próximo à mulher, há um ventilador de mesa com fitas metálicas presas à grade dele. Imagem: Divulgação


A capital pernambucana recebe, entre os dias dias 4 a 8 de julho, a segunda edição do ‘Cine Às Escuras – Mostra Erótica de Cinema Acessível’, que destaca o protagonismo e empoderamento de corpos e desejos, com atenção à inclusão de pessoas com deficiência. A entrada é gratuita.

O evento, aberto somente para maiores de 18 anos, tem incentivo do Fundo de Incentivo à Cultura. Participam audiodescritores, locutores, intérpretes e tradutores de Libras (Língua Brasileira de Sinais), legendistas e consultores com deficiência visual e auditiva.

Estão previstas sessões no Cinema do Museu, da Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ), além de oficina de audiodescrição em filmes eróticos e uma mesa de debate, com o tema ‘O Erótico no Cinema Pernambucano’, no Centro de Artes e Comunicação (CAC) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

#pracegover - Tupinikirs: num terminal de ônibus, uma pessoa magra de pernas cabeludas, vista de costas e do ombro para baixo. Ela usa camisa branca de mangas compridas, salto alto e está encostada numa pilastra. Imagem: Divulgação

#pracegover – Tupinikirs: num terminal de ônibus, uma pessoa magra de pernas cabeludas, vista de costas e do ombro para baixo. Ela usa camisa branca de mangas compridas, salto alto e está encostada numa pilastra. Imagem: Divulgação


PROGRAMAÇÃO COMPLETA

4/7 – Centro de Artes e Comunicação da UFPE (CAC)
– 14h às 18h – Oficina: ‘Audiodescrição em Filmes Eróticos’, com Andreza Nóbrega
– 18h às 19h45 – Mesa de abertura: ‘O Erótico no Cinema Pernambucano,
com Chico Lacerda, Ioanna Pappou, Ruth Steyer e mediação de Amanda Ramos

5/7 – Cinema do Museu
– 19h30 – Sessão Cine Às Escuras – ‘Como Era Gostoso Meu Cafuçú’ (PE) e ‘Baunilha’ (PE)

6/7 – Cinema do Museu
– 18h – Sessão Cine Às Escuras – ‘Plutão’ (RJ) e ‘O Corpo Nu’ (SP)

7/7 – Cinema do Museu
– 19h30 – Sessão Cine Às Escuras – ‘Cítrica’ (SP), ‘Através’ (SP) e ‘Tupinikuirs’ (PR)

8/7 – Cinema do Museu
– 19h30 – Sessão Cine Às Escuras – ‘Batguano’ (PB)


Quer receber as notícias do #blogVencerLimites pelo WhatsApp? Adicione (11) 97611-6558 aos contatos e mande a frase 'VencerLimitesWhatsApp'

?Quer receber as notícias do #blogVencerLimites pelo WhatsApp? Adicione (11) 97611-6558 aos contatos e mande a frase ‘VencerLimitesWhatsApp’ ?