São Paulo quer 400 táxis para pessoas com deficiência na cidade

São Paulo quer 400 táxis para pessoas com deficiência na cidade

Prefeitura pretende ampliar frota, que tem 244 veículos atualmente, e publicou decreto para criação e sorteio de novos alvarás.

Luiz Alexandre Souza Ventura

11 de junho de 2020 | 15h22


Ouça essa reportagem com Audima no player acima ou acompanhe a tradução em Libras com Hand Talk no botão azul à esquerda.


Descrição da imagem #pracegover: Pessoa em uma cadeira de rodas é transportada em plataforma elevatória para dentro de um táxi acessível da frota da cidade de São Paulo. Crédito: Reprodução.


A Prefeitura de São Paulo quer ampliar a frota de táxis adaptados para atender pessoas com deficiência na cidade. Atualmente, são 244 veículos.

O decreto n° 59.506/2020 (leia a íntegra abaixo), publicado na terça-feira, 9, prevê a expedição, o sorteio e a distribuição de novos alvarás, seguindo a Lei de Mobilidade Urbana (n° 12.587/2012), para chegar a 400 carros acessíveis.

De acordo com a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED), após a retomada das atividades suspensas por causa da pandemia de covid-19, o Departamento de Transportes Públicos (DTP) vai publicar portaria com a data e as regras do sorteio, além dos critérios e exigências para participação.

Quem for sorteado não poderá transferir o alvará de estacionamento por, no mínimo, cinco anos, com exceção para o falecimento do titular.

A SMPED vai fornecer à Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT) informações sobre a demanda e os locais para pontos de táxis que atendem pessoas com deficiência.


“DECRETO Nº 59.506, DE 8 DE JUNHO DE 2020

Autoriza a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transporte a expedir novos alvarás de estacionamento da modalidade táxi, destinados ao transporte de pessoas com deficiência, e dá outras providências.

BRUNO COVAS, Prefeito do Município de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes autorizada a expedir novos alvarás de estacionamento da modalidade táxi, destinados ao atendimento de pessoas com deficiência, até que seja completada a frota em atividade de 400 (quatrocentos) veículos, obedecidos os requisitos previstos na Lei nº 7.329, de 11 de julho de 1969, e alterações posteriores, bem como nas demais normas regulamentares.

Parágrafo único. Os veículos de que trata o “caput” deste artigo serão da categoria comum, adaptados para acessibilidade em conformidade com as especificações técnicas estabelecidas pela Secretaria Municipal e Mobilidade e Transportes.

Art. 2º Os alvarás deverão estar obrigatoriamente vinculados a veículos adaptados, nos termos do Decreto nº 48.695, de 5 de setembro de 2007.

Art. 3º A distribuição dos alvarás dar-se-á mediante sorteio realizado com base em critérios técnicos objetivos a serem estabelecidos pela Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes.

Parágrafo único. A distribuição dos alvarás deverá obedecer ao disposto:

I – no artigo12-B da Lei Federal n° 12.587, de 3 de janeiro de 2012 – Lei de Mobilidade Urbana;

II – no artigo 1º da Lei nº 17.259, de 7 de janeiro de 2020.

Art. 4º Compete à:

I – Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, elaborar normas complementares para o cumprimento do disposto neste decreto;

II – Secretaria Municipal da Pessoa Com Deficiência, subsidiar a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes com informações de demanda e locais para implantação de pontos privativos ou livres de táxi para atendimento de pessoas com deficiência.

Art. 5º Fica terminantemente vedada a transferência da titularidade dos alvarás de estacionamento de que trata este decreto pelo prazo mínimo de 5 (cinco) anos, a contar de sua expedição, exceto nas hipóteses de falecimento do motorista autônomo e de espólio, previstas nas alíneas “b” e “c” do “caput” do artigo 20 da Lei nº 7.329, de 1969, com a redação dada pela Lei nº 7.953, de 16 de novembro de 1973.

Art. 6º Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO, aos 8 de junho de 2020, 467º da fundação de São Paulo.

BRUNO COVAS, PREFEITO

EDSON CARAM, Secretário Municipal de Mobilidade e Transportes

CID TORQUATO JÚNIOR, Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência

ORLANDO LINDÓRIO DE FARIA, Secretário Municipal da Casa Civil

MARINA MAGRO BERINGHS MARTINEZ, Respondendo pelo cargo de Secretária Municipal de Justiça

RUBENS NAMAN RIZEK JUNIOR, Secretário de Governo Municipal

Publicado na Casa Civil, em 8 de junho de 2020″.



Para receber as reportagens do #blogVencerLimites no Whatsapp, mande ‘VENCER LIMITES’ para +5511976116558 e inclua o número nos seus contatos. Se quiser receber no Telegram, acesse t.me/blogVencerLimites.

VencerLimites.com.br é um espaço de notícias sobre o universo das pessoas com deficiência integrado ao portal Estadão. Nosso conteúdo também está acessível em Libras, com a solução Hand Talk, e áudio, com a ferramenta Audima.

Todas as informações publicadas no blog, nas nossas redes sociais, enviadas pelo Whatsapp ou Telegram são produzidas e publicadas após checagem e comprovação. Compartilhe apenas informação de qualidade e jamais fortaleça as ‘fake news’. Se tiver dúvidas, verifique.

Mande mensagem, crítica ou sugestão para blogVencerLimites@gmail.com. E acompanhe o #blogVencerLimites nas redes sociais:
Facebook.com/VencerLimites
Twitter.com/VencerLimitesBR
Instagram.com/blogVencerLimites



Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.