Surdos filiados ao PT criticam falta de intérpretes de Libras em discurso de Lula

Surdos filiados ao PT criticam falta de intérpretes de Libras em discurso de Lula

Grupo enviou documento ao partido pedindo mais inclusão. Transcrições em tempo real nas redes sociais serviram de alternativa. Evento foi organizado pela equipe do ex-presidente.

Luiz Alexandre Souza Ventura

11 de março de 2021 | 16h32

Use 26 recursos de acessibilidade digital com a solução da EqualWeb clicando no ícone redondo e flutuante à direita, ouça o texto completo com Audima no player acima, acione a tradução em Libras com Hand Talk no botão azul à esquerda ou acompanhe o vídeo no final da matéria produzido pela Helpvox com a interpretação na Língua Brasileira de Sinais.


Foto do ex-presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, durante discurso na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Paulista. Lula está em pé, com as mãos unidas junto ao corpo, veste paletó e camisa de cor azul. Crédito: Divulgação.

Descrição da imagem #pracegover: Foto do ex-presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, durante discurso na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Paulista. Lula está em pé, com as mãos unidas junto ao corpo, veste paletó e camisa de cor azul. Crédito: Divulgação.


Pessoas surdas que se comunicam preferencialmente na Língua Brasileira de Sinais e são filiadas ao Partido dos Trabalhadores criticaram a ausência de intérpretes de Libras no discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quarta-feira, 10.

“Surdos foram excluídos. Eu não entendi nada do discurso. Já cobramos várias vezes a inclusão dos intérpretes de Libras. É um direito nosso”, diz o engenheiro Jayme Szerman, filiado ao partido há um ano.

Szerman nasceu surdo, é filho de pai e mãe surdos, e sua esposa também é surda. “Fiz esse pedido à Gleisi Hoffmann (deputada federal e presidente nacional do PT), ao Luiz Marinho (ministro do Trabalho e Emprego e ministro da Previdência Social no governo Lula) e também ao Fernando Haddad (ministro da Educação no governo Lula e possível candidato à presidência da República em 2022). Os três disseram que vão apoiar”, afirma o engenheiro.

Patrícia Rezende, surda, professora associada do Instituto Nacional de Educação dos Surdos (INES), filiou-se ao PT no ano passado, junto com outras pessoas com deficiência, inclusive surdas, em live organizada pelo diretório nacional das pessoas com deficiência do partido. Ela é uma das 22 pessoas – entre surdos, tradutores e codas (filhos de pessoas surdas) – que assinam um documento enviado ao PT na terça-feira, 9, pedindo a tradução do evento.

“Nós da comunidade surda de esquerda vimos reivindicar ao PT-Nacional que não nos deixe de fora da entrevista com Lula, marcada para amanhã, 10/3. Desejamos, assim como os ouvintes ‘ouvir’ nosso ex-presidente. Queremos muito que Lula tenha visibilidade maior para os surdos brasileiros. Temos intérpretes de Libras dispostos a realizar essa tradução, inclusive se deslocando para a sede do sindicato em São Bernardo do Campo”, diz a carta.

“Vários integrantes do partido responderam que o erro não acontecerá mais, que vão providenciar intérpretes nas próximas atividades”, diz Patricia. “Como eu vi que não tinha intérprete ao lado do Lula, e como eu sou petista lulista, fico aflita para saber o que ele está falando. Então, vou no Twitter do Lula para ler as transcrições das falas dele”, explica a professora.

“Depois do evento, eu li na internet a íntegra do discurso, mas seria muito melhor ter intérprete de Libras, porque foi ao vivo e eu queria viver o momento histórico”, afirma Patrícia Rezende, que é docente de várias disciplinas no curso de pedagogia do INES.

Resposta – O evento foi organizado pela equipe de Lula no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Paulista. Questionada pelo #blogVencerLimites, a assessoria do ex-presidente reconheceu a falha. “Deveríamos ter incluído intérpretes de Libras, mas não conseguimos. Os próximos eventos terão”, garantiu José Chrispiniano, assessor de imprensa de Lula.

O vídeo completo do evento está publicado na página oficial de Lula no Facebook, mas não tem recursos de acessibilidade.


Vídeo produzido por Helpvox com a versão da reportagem na Língua Brasileira de Sinais pela tradutora e intérprete Milena Silva.


Para receber as reportagens do #blogVencerLimites no Telegram, acesse t.me/blogVencerLimites.



Tudo o que sabemos sobre:

Pessoas com DeficiênciaSurdosLibrasLula

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.