Usuário da Central de Libras de São Paulo não gasta dados no celular

Usuário da Central de Libras de São Paulo não gasta dados no celular

Prefeitura assinou nesta quinta-feira, 26 de setembro, Dia Nacional do Surdo, contrato com Claro, Vivo, Tim e Oi. Medida já está valendo. Cada conversa por vídeo com a CIL consome 100Mb. Servidores públicos municipais também estão contemplados.

Luiz Alexandre Souza Ventura

26 de setembro de 2019 | 19h00


Ouça essa reportagem com Audima no player acima ou acompanhe a tradução em Libras com Hand Talk no botão azul à esquerda.


Descrição da imagem #pracegover: Intérprete da Central de Libras de São Paulo faz a intermediação entre uma munícipe e um serviço público. Crédito: Divulgação / SMPED.


Usuários das operadoras Claro, Vivo, Tim e Oi podem acionar a Central de Intermediação em Libras (CIL) da Prefeitura de São Paulo sem gastar o pacote de dados em qualquer dispositivo. A Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED) vai bancar a chamada por vídeo, que consome 100Mb em média.

O contrato de navegação patrocinada foi assinado nesta quinta-feira, 26 de setembro, Dia Nacional do Surdo, pela secretaria e as quatro operadoras. A medida já está valendo e também contempla os servidores públicos municipais.


Descrição da imagem #pracegover: Integrantes da Prefeitura de São Paulo, da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED) e das operadoras Claro, Vivo, Tim e Oi estão juntas em uma mesa. Crédito: Divulgação / SMPED.


O QUE É – A Central de Intermediação em Libras (CIL), administrada pela Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED), atende pessoas surdas ou com deficiência auditiva severa em tempo real, por vídeo online, em Língua Portuguesa e Língua Brasileira de Sinais.

Pode ser acionada diretamente pelo website do serviço ou com o ‘CIL-SMPED’ (Android ou iOS), que é baixado sem custos.


Descrição da imagem #pracegover: Página da Central de Intermediação em Libras (CIL) da Prefeitura de São Paulo. Crédito: Reprodução.


SETEMBRO – Este é o mês dos surdos. Entre 6 e 11 de setembro de 1880, foi realizado o Congresso de Milão, que proibiu o uso das Línguas de Sinais na educação dos surdos. Outras datas marcantes são: Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência, 21; Dia Internacional das Línguas de Sinais, 23; Dia Nacional do Surdo, 26 – data de fundação, em 1857, do Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), e Dia do Tradutor, 30, com homenagens aos intérpretes de Libras;

AZUL – Durante a Segunda Guerra Mundial, os nazistas identificavam as pessoas com deficiência, inclusive os surdos, com uma faixa azul no braço. Após o fim da guerra, foi mantida para lembrar a opressão e para destacar o orgulho da identidade surda. Atualmente, por ser viva e vibrante, representa a riqueza cultural da comunidade surda.


Para receber nossas notícias direto em seu smartphone, basta incluir o número (11) 97611-6558 nos contatos e mandar a frase ‘VencerLimites’ pelo Whatsapp. VencerLimites.com.br é um espaço de notícias sobre o universo das pessoas com deficiência integrado ao portal Estadão. Nosso conteúdo também está acessível em Libras, com a solução Hand Talk, e áudio, com a ferramenta Audima. Todas as informações publicadas no blog, nas nossas redes sociais e enviadas pelo Whatsapp são verdadeiras, produzidas e divulgadas após checagem e comprovação. Compartilhe apenas informação de qualidade e jamais fortaleça as ‘fake news’. Se tiver dúvidas, verifique.


Mande mensagem, crítica ou sugestão para blogVencerLimites@gmail.com

Acompanhe o #blogVencerLimites nas redes sociais

Facebook Twitter Instagram LinkedIn YouTube


Tendências: