Você conhece os Inclumojis?

Você conhece os Inclumojis?

Emojis inspirados em pessoas que têm síndrome de Down foram lançados para promover a inclusão na internet. As famosas 'carinhas' dominam as redes sociais e os aplicativos de mensagens. Apenas no Facebook, mais de 60 milhões são publicadas diariamente.

Luiz Alexandre Souza Ventura

22 Agosto 2018 | 12h00


A Apae de Porto Alegre e a APABB-RS (Associação de Pais, Amigos e Pessoas com Deficiência, de Funcionários do Banco do Brasil e da Comunidade) se uniram para lançar os Inclumojis, emojis inspirados em pessoas com síndrome de Down.

O projeto busca visibilidade para a condição causada pela trissomia do cromossomo 21. A síndrome de Down é a ocorrência genética mais comum no mundo, registrada uma vez para cada 700 nascimentos. Não há nenhuma relação com etnia, país, religião ou condição econômica.

“Além de incentivar o debate sobre inclusão, as novas carinhas possibilitam que essas pessoas se comuniquem por meio de ícones com os quais se identificam”, afirmam as instituições que criaram os Inclumojis.


IMAGEM 01: Emojis inspirados em pessoas que têm síndrome de Down foram lançados para promover a inclusão na internet. As famosas 'carinhas' dominam as redes sociais e os aplicativos de mensagens. Apenas no Facebook, mais de 60 milhões são publicadas diariamente. Descrição #pracegover: Imagem mostra os três Inclumojis. Estão um ao lado do outro. Da esquerda para a direita, o primeiro está sorrindo, o segundo está gargalhando e o terceiro está chorando. Todos têm cor amarela e traços que lembram o rosto de pessoas com síndrome de Down, principalmente os olhos com inclinação lateral e amendoados. Crédito: Reprodução

IMAGEM 01: Emojis inspirados em pessoas que têm síndrome de Down foram lançados para promover a inclusão na internet. As famosas ‘carinhas’ dominam as redes sociais e os aplicativos de mensagens. Apenas no Facebook, mais de 60 milhões são publicadas diariamente. Descrição #pracegover: Imagem mostra os três Inclumojis. Estão um ao lado do outro. Da esquerda para a direita, o primeiro está sorrindo, o segundo está gargalhando e o terceiro está chorando. Todos têm cor amarela e traços que lembram o rosto de pessoas com síndrome de Down, principalmente os olhos com inclinação lateral e amendoados. Crédito: Reprodução


As figuras estão disponíveis em Facebook, Twitter, Instagram e WhatsApp. Para usar, selecione a ferramenta de inclusão de GIFs na mensagem, digite ‘Inclumojis’ e escolha uma das três ‘carinhas’.

Na página do projeto, www.inclumojis.com, há um tutorial e informações sobre as duas associações.

Para receber nossas notícias direto em seu smartphone, basta incluir o número (11) 97611-6558 nos contatos e mandar a frase 'VencerLimites' pelo Whatsapp. VencerLimites.com.br é um espaço de notícias sobre o universo das pessoas com deficiência, integrado ao portal Estadão. Nosso conteúdo também está acessível em Libras, com a solução Hand Talk, e áudio, com a ferramenta Audima. Todas as informações publicadas no blog, nas nossas redes sociais e enviadas pelo Whatsapp são verdadeiras, produzidas e divulgadas após checagem e comprovação. Compartilhe apenas informação de qualidade e jamais fortaleça as 'fake news'. Se tiver dúvidas, verifique.

Para receber nossas notícias direto em seu smartphone, basta incluir o número (11) 97611-6558 nos contatos e mandar a frase ‘VencerLimites’ pelo Whatsapp. VencerLimites.com.br é um espaço de notícias sobre o universo das pessoas com deficiência, integrado ao portal Estadão. Nosso conteúdo também está acessível em Libras, com a solução Hand Talk, e áudio, com a ferramenta Audima. Todas as informações publicadas no blog, nas nossas redes sociais e enviadas pelo Whatsapp são verdadeiras, produzidas e divulgadas após checagem e comprovação. Compartilhe apenas informação de qualidade e jamais fortaleça as ‘fake news’. Se tiver dúvidas, verifique.


Mande mensagem, crítica ou sugestão para blogVencerLimites@gmail.com

Acompanhe o #blogVencerLimites nas redes sociais

Facebook Twitter Instagram LinkedIn Google+ YouTube


Mais conteúdo sobre:

InclumojisEmojisSíndrome de Down