1,3 milhão de carros devem deixar SP no feriado

Cerca de 1,3 milhão de veículos deverão deixar São Paulo no feriado prolongado de Páscoa e de Tiradentes. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o movimento maior é esperado a partir das 13 horas desta quinta-feira, quando será implantada a ´Operação Estrada´ nas principais ruas e avenidas da capital paulista. O esquema visa facilitar a saída das pessoas que vão viajar e a segurança dos pedestres. Na segunda-feira, a CET retoma o esquema a fim de garantir um retorno tranquilo dos paulistanos. Os terminais rodoviários do Tietê, Barra Funda e Jabaquara também serão monitorados pela empresa para assegurar acesso rápido e seguro para os passageiros que vão deixar a cidade de ônibus. Já os motoristas que circularem pelas Marginais do Tietê e do Pinheiros, duas das principais ligações da capital paulista, contarão com telefones de emergência a cada quilômetro e com a faixa do cidadão (canal 19 - PX-2 J 9000 - CET/trânsito). Quem preferir também pode obter maiores informações via internet. O endereço é http://www.cetsp.com.br, com atualização a cada meia hora, ou através do telefone 194, cuja ligação é gratuita.Rodízio será suspenso na sexta-feiraA CET informa que o rodízio de veículos será suspenso em São Paulo durante o feriado. Assim, o esquema deixará de funcionar na Sexta-Feira Santa, no sábado e no domingo de Páscoa e na segunda-feira, Dia de Tiradentes (21). Nesses dias, os carros poderão circular livremente por toda a capital paulista. O rodízio voltará a vigorar apenas na terça-feira, quando os veículos com chapas finais 3 e 4 não poderão circular pelo centro expandido da cidade das 7 às 10 horas e entre 17 e 20 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.