1 boliviano é morto e outro ferido na Penha

Dois costureiros bolivianos foram baleados por volta das 23h20 de anteontem na casa onde moram na Penha, zona leste de São Paulo. Quando os policiais chegaram, Luiz Júlio Aruquipa Limach, de 29 anos, já estava morto. Policarpio Apaza Rodrigues, de 36 anos, foi levado ao Hospital Municipal Doutor Alípio Correa Neto, em Ermelino Matarazzo, onde segue internado. Pelo que a perícia apurou no local e como aparentemente nada foi levado da residência, investigadores acreditam em acerto de contas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.