1.137 policiais patrulharão a Favela da Rocinha

O comandante da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Renato Hottz, anunciou esta manhã, na Rocinha, que 1.137 policiais farão o patrulhamento na favela a partir de hoje, por conta da guerra entre traficantes. O objetivo é prender os bandidos que vêm desafiando a polícia. Segundo Hottz, ainda há criminosos escondidos na mata.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.