15 mil comprimidos de ecstasy apreendidos no Santos Dumont

Agentes da Polícia Federal (PF) apreenderam hoje 15 mil comprimidos de ecstasy e cerca de 4 quilos de skank com dois homens no Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio. De acordo com o delegado federal José Mariano, responsável pela investigação, o curitibano Fábio Augusto Gavazzoni Loureiro, de 24 anos, desembarcou com a droga, que seria recebida pelo carioca Leonardo Gambale de Lima, também de 24. Os dois foram presos quando entravam em um taxi, segundo a PF, após se encontrarem no saguão do aeroporto. Loureiro chegara de Amsterdam, na Holanda, em vôo que teve escala em São Paulo. ?Acredito que seja um recorde na apreensão de droga processada. É um prejuízo mensurável para o tráfico?, declarou o delegado federal, de Caxias do Sul, que está atuando na Missão Suporte, iniciada em 2003 no Rio. A operação de hoje teve apoio da Delegacia de Prevenção eRepressão a Entorpecentes da PF no Estado. Segundo Mariano, a quadrilha era investigada havia cerca de um ano.O delegado disse que a droga estava escondida numa bagagem de mão levada pelo acusado. A prisão ocorreu às 13h45. Haviacinco sacos com cerca de 3 mil comprimidos de ecstasy cada. O skank, derivado mais potente da maconha, estava embrulhadoem papel carbono, numa tentativa de burlar a identificação por raio x. Em outra operação, policiais federais apreenderam hoje cerca de 32 quilos de maconha na Rodovia Presidente Dutra.

Agencia Estado,

24 de junho de 2004 | 19h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.