187 observadores acompanham turno

DE FORA

, O Estado de S.Paulo

01 Novembro 2010 | 00h00

O segundo turno das eleições no Brasil foi acompanhado por 187 observadores, de 45 países, número recorde, segundo o TSE. Em São Paulo, a votação foi objeto de análise de nove observadores internacionais. Representantes de El Salvador, México, Paraguai, Peru e Venezuela passaram os dois últimos dias na capital paulista. Além de São Paulo, também visitaram Brasília, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

O grupo chegou ao País no sábado, quando acompanhou a distribuição das urnas eletrônicas. Ontem, os observadores em São Paulo acordaram cedo para acompanhar o início da votação, às 8 horas, no Mackenzie, a maior zona eleitoral da cidade. Em seguida, conversaram com o presidente do TRE-SP, desembargador Walter de Almeida Guilherme, na sede do tribunal.

O mexicano Ernesto Reyes ficou curioso com a ida da eleição presidencial para o segundo turno. "É uma particularidade brasileira." O México já teve experiências com a urna eletrônica nos últimos anos. "Mas é preciso fazer um alto investimento em tecnologia", disse. Cada urna custa R$ 1.214,58.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.