198 locais já foram multados

O novo balanço da lei antifumo mostra que aumentou ligeiramente a infração por parte dos estabelecimentos, apesar do índice de desobediência ainda não chegar a 1% dos recintos visitados pelas equipes caça-fumaça. Durante as duas primeiras semanas de fiscalização da lei que proibiu o uso do cigarro em bares, restaurantes, empresas, shoppings e unidades públicas, foram, em média, cinco multas aplicadas por dia. Na última quinzena, o índice de multados subiu para sete diários. Os números foram apresentados ontem, em evento de comemoração a um mês de vigência da lei.

, O Estadao de S.Paulo

10 de setembro de 2009 | 00h00

Assim que a lei entrou em vigor e até o dia 22 de agosto, foram 85 bares, restaurantes e lojas, até mesmo drogarias e concessionárias multas. Dessa data até 6 de setembro, foram outros 113 locais penalizados, entre eles a Infraero (fumantes foram flagrados no Aeroporto Internacional de Guarulhos). No total, a lei antifumo já acumula 198 recintos penalizados em R$ 792,50 - valor que dobra na reincidência. Segundo o governo do Estado, já foram visitados 37.117 locais e, por isso, o total de infrações indica que 99,5% dos visitados estavam em acordo com a norma estadual.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.