2 acusados de corrupção de menores

O noticiário sobre pedofilia em Catanduva fez a mãe de uma adolescente de 17 anos, da cidade vizinha de Pindorama, descobrir que a filha se prostituía desde o 13 anos e levou a Polícia a pedir a prisão em flagrante de um comerciante e de um contador por corrupção de menores. Os dois são acusados de abusar da adolescente e de uma amiga, também de 17 anos."Minha filha estava vindo para casa tarde e com bastante dinheiro, por isso desconfiei", contou à polícia a mãe. Segundo ela, a decisão de procurar a polícia ocorreu depois que viu o noticiário sobre as crianças de Catanduva. "Não quero ver minha filha numa situação dessas." O delegado disse que as adolescentes confessaram a prática de prostituição. Os homens serão enquadrados no artigo 244-A do Estatuto da Criança e do Adolescente, que pune com 4 a 10 anos de prisão pessoa que levar criança ou adolescente à prática da prostituição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.