2 mil casas perto do Tietê serão demolidas

Depois das áreas de manancial nas zonas sul e norte, o próximo alvo da Prefeitura na operação Defesa das Águas é a várzea do Rio Tietê, na região de São Miguel Paulista, na zona leste. Como aconteceu nas Represas Billings e de Guarapiranga e na Serra da Cantareira, o primeiro passo é a polêmica remoção de ocupações irregulares. As primeiras 427 famílias que devem ter as casas demolidas já receberam notificação. A desocupação de cerca de 2 mil casas deve começar na próxima semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.