21 de janeiro de 1909

QUINTA-FEIRA

, O Estadao de S.Paulo

21 de janeiro de 2009 | 00h00

Estão approvados, por decreto, os estudos definitivos do trecho entre Ribeirão Bonito e Trabijú, de 20.286 metros de extensão e pertencente á linha férrea concedida á Companhia Estrada de Ferro do Dourado. A Companhia Mogyana offereceu 200 contos ao governo do Estado pelo edifício em que funccionou o alojamento de immigrantes de Campinas. A partir de 1 de fevereiro a estação Coronel Orlando, no km 57 do ramal de Santa Rita do Paraiso, da Companhia Mogyana, passará a denominar-se Villa Orlando.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.