22 praias impróprias para o banho no litoral paulista

O último relatório divulgado pela Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental), ligada à Secretaria do Meio Ambiente do governo de São Paulo, aponta 22 praias impróprias para banho de mar no litoral paulista. Em Santos, Bertioga e Peruíbe todas estão liberadas. Entretanto, em Praia Grande todas devem ser evitadas pelos banhistas. As praias sem condições de balneabilidade são: Gonzaguinha e Milionários, em São Vicente; Perequê, no Guarujá; a Central e Vila São Paulo, em Mongaguá; a de Suarão, em Itanhaém; e também em Caraguatatuba (Centro, Martim Sá e Porto Novo); São Sebastião (Porto Grande); Ilhabela (Perequê e Portinho); e por fim, em Ubatuba (Itaguá e Perequê Mirim).

Agencia Estado,

03 de janeiro de 2004 | 16h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.