25% não sabem quem é o candidato de Lula

Pesquisa indica recorde na avaliação do governo Lula, que chegou a 78% de ''ótimo ou bom''

Daniel Bramatti, O Estado de S.Paulo

03 de julho de 2010 | 00h00

A avaliação positiva do governo Luiz Inácio Lula da Silva chegou a 78%, um recorde na série de pesquisas do instituto Datafolha. Desde o início do segundo mandato de Lula, houve aumento de 30 pontos porcentuais na parcela da população que considera o governo ótimo ou bom.

O Datafolha também avaliou a força do presidente como cabo eleitoral: 41% dos entrevistados disseram que o apoio de Lula a determinado candidato os levaria a votar nele "com certeza".

Na Região Nordeste, 59% dos eleitores se dizem dispostos a votar na pessoa indicada pelo presidente. A influência é menor nas Regiões Sul (30%) e Sudeste (34%)

Mas nem todos os brasileiros sabem qual é a opção eleitoral de Lula: 75% apontam corretamente a petista Dilma Rousseff, e 25% citam outros candidatos ou dizem não saber a resposta.

O nível de desinformação é maior entre os simpatizantes de Serra: 36% deles não sabem dizer quem Lula apoia na campanha. Já entre os que pretendem votar em Dilma, 94% sabem qual é a opção do presidente.

Os eleitores que consideram o governo ótimo ou bom são os mais propensos a votar em Dilma. Nesse segmento, ela vence o candidato do PSDB, José Serra, por 46% a 34%.

Já o tucano vence a petista entre os eleitores que avaliam o governo como regular (59% a 10%) ou ruim/péssimo (61% a 4%).

A mesma divisão aparece na simulação de segundo turno entre o tucano e a petista. Dilma teria 53% entre os eleitores que avaliam o governo de forma positiva, e apenas 10% entre os que consideram a gestão ruim ou péssima. Nesse último segmento, Serra teria 76% das preferências.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.