31 já morreram em SP por causa das chuvas de verão

As chuvas que atingiram o Estado de São Paulo desde o dia 1° de dezembro do ano passado até esta terça-feira, já provocaram a morte de 31 pessoas. Segundo um balanço divulgado pela Defesa Civil do Estado, 122 municípios tiveram problemas decorrentes da chuva e 45 pessoas ficaram feridas. Desde dezembro até hoje, 3.866 pessoas ficaram desabrigadas por causa de enchentes, deslizamentos de terra sobre residências e erosões. Hoje ainda há 1.372 desabrigados em todo o estado e 35 municípios estão em situação de emergência. As prefeituras de cinco cidades decretaram estado de calamidade pública: Barra do Turvo, Itariri, Mirante do Paranapanema, Paulíneae Presidente Prudente.A situação este ano, por causa das chuvas, está pior que no período entre 1° de dezembro de 2001 e 31 de março de 2002, quando morreram 14 pessoas, 54 ficaram feridas e 85 municípios foram atingidos por fortes chuvas que deixaram o total de 1.310 desabrigados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.