33 mil imóveis estão sem energia em Santa Catarina

Na região de Blumenau, uma das mais afetadas e com 27 mil imóveis sem luz

da Redação,

27 de novembro de 2008 | 19h37

Trinta e três mil imóveis no território catarinense continuam sem energia, segundo o último balanço divulgado nesta quarta-feira, 27, pela Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc). Na região de Blumenau, uma das mais afetadas e com 27 mil imóveis sem luz, a distribuidora trabalha para recuperar o sistema de alta tensão atingido pelas enchentes e deslizamentos e normalizar 95% da rede até domingo, 30, se não houver novas chuvas. Funcionários da Celesc também trabalham em Luis Alves e Brusque, que está com 15% de sua área sem eletricidade.  Veja também:Saiba como ajudar as vítimas da chuvaEmpresária pára fábrica e dá gerador a hospitalMais de 60 mil casas continuam sem luz Tragédia em Santa Catarina Blog: envie seu relato sobre as chuvas Veja galeria de fotos dos estragos em SC  Tudo sobre as vítimas das chuvas   Segundo a empresa, na região de Itajaí, as cidades com mais danos na rede são Itajaí, Ilhota e Camboriú. Ao todo, chega a 3,6 mil o total de imóveis às escuras na região. Cinco caminhões foram mobilizados para consertar o sistema no Morro do Baú, considerado o ponto mais crítico em Ilhota. A Celesc alerta os moradores das áreas afetadas a manter distância das fiações danificadas, deixar os equipamentos elétricos que estejam sob água desligados e, se houver infiltração de água nas instalações, desligar todos os disjuntores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.